No Tordesilhas, tudo fica melhor com um toque de pimenta

MELHOR BRASILEIRO - JÚRI

Duas coisas estão garantidas quando você escolhe o Tordesilhas para fazer uma refeição: a comida vai ser gostosa e ela vai ficar melhor com pimenta.

Os vidros do condimento, preparados especialmente para o lugar pelo Zé Lima, mestre-pimenteiro local, servem também como decoração do lugar, de tantos, tão coloridos e espalhados que estão pela casa da alameda Tietê, na região dos Jardins.

O clima do restaurante é bem sóbrio, com serviço formal e gente que fala baixo, comendo devagar. Quase não combina com a informalidade do cardápio, de comidas com receitas entre as de restaurantes de cidades de praia, com moquecas e bobós, com um ou outro toque mineiro/interior paulista, como o picadinho com ovo, um dos hits da casa.

Tudo chega à mesa em porções bem servidas e sabor suave, para que os clientes escolham sua pimenta de predileção e deem seu toque final. A interação com as receitas da casa é muito simpática, e você pode experimentar aumentar ou diminuir a picância do seu prato conforme o paladar ou mesmo o estado de espírito.

Das mãos da chef Mara Salles saem ainda delícias nortistas como o pato no tucupi (o líquido extraído da mandioca brava), e o tacacá, como entrada, que traz o caldo feito com o mesmo tucupi mais goma de tapioca, camarão seco e a erva jambu, que dá uma dormência interessante na boca.

A carta de vinhos, reduzida e com poucas opções em taças, é bem escolhida. Mas prefira a de cachaças, completa, em que se destacam as reservadas e as artesanais. E a sobremesa é quase obrigatória, com o melhor pudim de tapioca já experimentado por mim, com a mesma textura dos de leite, cremoso e sem exagero no açúcar.

*

TORDESILHAS
Al. Tietê, 489, Cerqueira César, região oeste, tel. 3107-7444

Publicidade
Publicidade
Publicidade