Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Acompanhe a sãopaulo no Twitter
08/09/2012 - 04h00

Após a fama, "Gina Indelicada" parte para horóscopos

Publicidade

AMON BORGES
DE SÃO PAULO

Ricck Lopes, 19, tem a tecnologia e as redes sociais muito presentes em sua vida. Nascido em Governador Valadares (interior de Minas Gerais), o jovem não guarda números exorbitantes na conta bancária --pelo menos, por ora-- como seu conterrâneo Eike Batista, mas tem cifras expressivas em trabalhos na web.

O garoto viciado em internet, que vive hoje em São Paulo, é o responsável pela página Gina Indelicada no Facebook. Criada em 14 de agosto, ela já atingiu a marca de quase 2 milhões de fãs. A protagonista da ação é a mesma figura que estampa a caixa de palitos roliços: a Gina. Ela responde de forma "ácida" perguntas enviadas pelos internautas.

"É uma personagem tradicional, carismática e eu queria criar um paradoxo com ela", conta o estudante do terceiro semestre do curso de Publicidade e Propaganda. "Já chegaram cerca de 100 mil, mas é claro que nem todas rendem."

"Em outras 'fan pages' as pessoas só participam do conteúdo quando ele já está pronto, curtindo, comentando ou compartilhando. Na 'Gina', não. Essa foi a sacada decisiva pro sucesso dela", ressalta o recém-contratado de uma agência que cria estratégias de comunicação multiplataformas.

Entretanto, os gracejos utilizados como resposta geraram polêmica. "Sempre falei que tem muita piada que é repaginada. Mas tem gente pedindo autoria de coisas que já existem há muitos anos", conta Ricck.

Já o fabricante dos palitos viu com bons olhos a ação. "Valeu pela criatividade dele. Gostamos da exposição, mas ainda é cedo para avaliarmos o retorno para a marca", diz Alfredo Rela, 59, presidente do Conselho de Administração da empresa.

Alfredo é neto de Dona Rosina, a Gina real, e pensa em um plano de negócios para buscar parceiros e licenciar novos produtos, os quais não conseguiria produzir nas instalações atuais da fábrica. "Queremos aumentar a nossa linha com utensílios ligados à cozinha e à área de serviço". Em sua mente também figura a ideia de lançar um fio dental: "O nosso palito não é para os dentes, isso é um costume antigo. Eles são para petiscos, lanches. Então mostraríamos para as pessoas isso."

REPAGINADA

Mesmo com todo o sucesso viral das respostas da "Gina Indelicada", Ricck pretende uma mudança que, segundo ele, será brusca: "Agora ela vai dar conselhos baseados na astrologia. Vai ser um horóscopo 'ácido'", revela o menino, empolgado com a ideia de consultar sites de horóscopo para inventar o novo conteúdo.

Embora as pessoas tendam a ter menos interação durante essa produção, o jovem não se preocupa com a queda no rendimento da página. "É um conteúdo que engaja muito as pessoas. O horóscopo é uma coisa periódica. Então, o público vai querer sempre esperar pelo próximo." A novidade estava programada para entrar no ar na última terça-feira, porém a falta de tempo foi um obstáculo. "Mas neste fim de semana sai com certeza", promete.

PRIMEIROS PASSOS

"Gina Indelicada" não foi a primeira ideia na web do mineiro, que procura ficar atento para ver quando aparece uma oportunidade nas redes sociais. Ricck também esteve envolvido na criação do perfil @VouConfessarQue, desativado em 9 de agosto no Twitter.

Reprodução/Twitter/RicckLopes
Ricck Lopes, 19, é o responsável pela página da "Gina Indelicada" no Facebook; já são cerca de 2 milhões de fãs
Ricck Lopes, 19, é o responsável pela página da "Gina Indelicada" no Facebook; já são cerca de 2 milhões de fãs

"Durou três anos e tirei do ar por achar que tinha perdido o sentido, o cenário mudou", explica. "Depois desse tempo todo, já não tinha mais o que confessar. Já era um santo praticamente", brinca ele, que afirma ter sido a segunda conta mais retuitada do mundo, atrás apenas de Justin Bieber.

O período com as confissões no ar rendeu boa visibilidade, proposta de estágio e uma quantia em dinheiro, que ele prefere não revelar, mas o ajudou a se mudar para São Paulo, em julho de 2011. "Cheguei a ganhar um automóvel com uma ação de uma marca. Hoje, eu mesmo pago minha faculdade", conta.

O convite para vir morar na capital paulista partiu de Gustavo Jreige, 24, diretor de criatividade da Polvora!, agência de publicidade especializada em redes sociais. "Cheguei a veicular algumas campanhas nesse perfil. Era uma brincadeira de menino, mas sempre com foco em resultado. Ele acompanhava outros perfis populares e o que geravam de cliques e repercussão", afirma Jreige, que ofereceu a Ricck um estágio na empresa.

Outros "cases" de sucesso são a página Muito Tédio, com mais de 800 mil fãs no Facebook, e a Dona Darlene, perfil precursor da "Gina".

"Peguei uma foto da minha mãe, deixei igual a uma empregada. Era um personagem com 50 anos, moradora de favela, mãe de vários filhos. O conteúdo era pautado na inocência dela, que nunca entendia o que a filha dizia", conta Ricck. "Mas minha mãe não ficou brava. Ela sabe que eu não sou muito normal e que eu gosto de ficar fazendo essas coisas na internet."

O jovem sonha em ser professor universitário e, um dia talvez, abrir sua própria agência. Hoje, ele gosta de ressaltar o quanto pensa antes de ter sucesso nas ações tecnológicas."Eu não chego e crio uma página aleatoriamente e dá certo. Tem um exercicio de estratégia mesmo. Dá para perceber isso até pela quantidade de erros que eu cometo até acertar."

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Ford Fiesta Ford Fiesta Confira aqui! A partir de R$ 15.749

Notebook Notebook LED, HDMI e USB, a partir de 14x de R$ 62,23

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página