Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Acompanhe a sãopaulo no Twitter
08/09/2012 - 04h00

Após a fama, "Gina Indelicada" parte para horóscopos

Publicidade

AMON BORGES
DE SÃO PAULO

Ricck Lopes, 19, tem a tecnologia e as redes sociais muito presentes em sua vida. Nascido em Governador Valadares (interior de Minas Gerais), o jovem não guarda números exorbitantes na conta bancária --pelo menos, por ora-- como seu conterrâneo Eike Batista, mas tem cifras expressivas em trabalhos na web.

O garoto viciado em internet, que vive hoje em São Paulo, é o responsável pela página Gina Indelicada no Facebook. Criada em 14 de agosto, ela já atingiu a marca de quase 2 milhões de fãs. A protagonista da ação é a mesma figura que estampa a caixa de palitos roliços: a Gina. Ela responde de forma "ácida" perguntas enviadas pelos internautas.

"É uma personagem tradicional, carismática e eu queria criar um paradoxo com ela", conta o estudante do terceiro semestre do curso de Publicidade e Propaganda. "Já chegaram cerca de 100 mil, mas é claro que nem todas rendem."

"Em outras 'fan pages' as pessoas só participam do conteúdo quando ele já está pronto, curtindo, comentando ou compartilhando. Na 'Gina', não. Essa foi a sacada decisiva pro sucesso dela", ressalta o recém-contratado de uma agência que cria estratégias de comunicação multiplataformas.

Entretanto, os gracejos utilizados como resposta geraram polêmica. "Sempre falei que tem muita piada que é repaginada. Mas tem gente pedindo autoria de coisas que já existem há muitos anos", conta Ricck.

Já o fabricante dos palitos viu com bons olhos a ação. "Valeu pela criatividade dele. Gostamos da exposição, mas ainda é cedo para avaliarmos o retorno para a marca", diz Alfredo Rela, 59, presidente do Conselho de Administração da empresa.

Alfredo é neto de Dona Rosina, a Gina real, e pensa em um plano de negócios para buscar parceiros e licenciar novos produtos, os quais não conseguiria produzir nas instalações atuais da fábrica. "Queremos aumentar a nossa linha com utensílios ligados à cozinha e à área de serviço". Em sua mente também figura a ideia de lançar um fio dental: "O nosso palito não é para os dentes, isso é um costume antigo. Eles são para petiscos, lanches. Então mostraríamos para as pessoas isso."

REPAGINADA

Mesmo com todo o sucesso viral das respostas da "Gina Indelicada", Ricck pretende uma mudança que, segundo ele, será brusca: "Agora ela vai dar conselhos baseados na astrologia. Vai ser um horóscopo 'ácido'", revela o menino, empolgado com a ideia de consultar sites de horóscopo para inventar o novo conteúdo.

Embora as pessoas tendam a ter menos interação durante essa produção, o jovem não se preocupa com a queda no rendimento da página. "É um conteúdo que engaja muito as pessoas. O horóscopo é uma coisa periódica. Então, o público vai querer sempre esperar pelo próximo." A novidade estava programada para entrar no ar na última terça-feira, porém a falta de tempo foi um obstáculo. "Mas neste fim de semana sai com certeza", promete.

PRIMEIROS PASSOS

"Gina Indelicada" não foi a primeira ideia na web do mineiro, que procura ficar atento para ver quando aparece uma oportunidade nas redes sociais. Ricck também esteve envolvido na criação do perfil @VouConfessarQue, desativado em 9 de agosto no Twitter.

Reprodução/Twitter/RicckLopes
Ricck Lopes, 19, é o responsável pela página da "Gina Indelicada" no Facebook; já são cerca de 2 milhões de fãs
Ricck Lopes, 19, é o responsável pela página da "Gina Indelicada" no Facebook; já são cerca de 2 milhões de fãs

"Durou três anos e tirei do ar por achar que tinha perdido o sentido, o cenário mudou", explica. "Depois desse tempo todo, já não tinha mais o que confessar. Já era um santo praticamente", brinca ele, que afirma ter sido a segunda conta mais retuitada do mundo, atrás apenas de Justin Bieber.

O período com as confissões no ar rendeu boa visibilidade, proposta de estágio e uma quantia em dinheiro, que ele prefere não revelar, mas o ajudou a se mudar para São Paulo, em julho de 2011. "Cheguei a ganhar um automóvel com uma ação de uma marca. Hoje, eu mesmo pago minha faculdade", conta.

O convite para vir morar na capital paulista partiu de Gustavo Jreige, 24, diretor de criatividade da Polvora!, agência de publicidade especializada em redes sociais. "Cheguei a veicular algumas campanhas nesse perfil. Era uma brincadeira de menino, mas sempre com foco em resultado. Ele acompanhava outros perfis populares e o que geravam de cliques e repercussão", afirma Jreige, que ofereceu a Ricck um estágio na empresa.

Outros "cases" de sucesso são a página Muito Tédio, com mais de 800 mil fãs no Facebook, e a Dona Darlene, perfil precursor da "Gina".

"Peguei uma foto da minha mãe, deixei igual a uma empregada. Era um personagem com 50 anos, moradora de favela, mãe de vários filhos. O conteúdo era pautado na inocência dela, que nunca entendia o que a filha dizia", conta Ricck. "Mas minha mãe não ficou brava. Ela sabe que eu não sou muito normal e que eu gosto de ficar fazendo essas coisas na internet."

O jovem sonha em ser professor universitário e, um dia talvez, abrir sua própria agência. Hoje, ele gosta de ressaltar o quanto pensa antes de ter sucesso nas ações tecnológicas."Eu não chego e crio uma página aleatoriamente e dá certo. Tem um exercicio de estratégia mesmo. Dá para perceber isso até pela quantidade de erros que eu cometo até acertar."

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

TV LED TV LED Smart, HDMI, Full HD a partir de R$ 899,90

Geladeira Geladeira Side By Side, Duplex, Frost Free a partir de R$ 849,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página