Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu

Veja e entenda 7 projetos de arquitetos e ativistas para o Parque Augusta

Publicidade

PRONTA ENTREGA
Gustavo Cedroni, Metro Arquitetos

Quais são as chances de o pessoal da rua Augusta dividir o espaço com os condôminos e seguranças de um conjunto de luxo? Que me desculpem as incorporadoras, mas é difícil acreditar que farão um empreendimento desse tipo totalmente ligado à cidade.

A grande questão vai além de construir ou não, de preservar o verde ou não. O fundamental é o uso que se fará do espaço e o grau de liberdade que haverá. Um local onde a nuvem da 'moral' e dos 'cidadãos de bem' deve ser cuidadosamente afastada. O parque deve ser pensado e administrado pelas pessoas que se envolveram na sua criação e em sua defesa até agora.

A bem da verdade, o parque Augusta está pronto, basta abrir os portões e entregá-lo às pessoas que lutam por ele. Não cabe mais nada além de um parque ali.

Nossa proposta é uma arquibancada ao longo da Augusta, criando uma barreira que nos protege momentaneamente da nossa própria cidade. Embaixo dessa estrutura fica todo o apoio ao parque: sanitários, alimentação, bares e um pavilhão expositivo. Em frente, um palco circular para shows e manifestações.

-

MARQUISE PÚBLICA
Adriana Levisky, Levisky Associados

O escritório baseou seu projeto em uma PPP (Parceria Público-Privada) que "garanta de forma equilibrada as necessidades dos proprietários do imóvel, da população e da cidade". O edifício proposto —com residências, comércio e serviços— é apoiado em colunas de dez metros de altura, que deixam o térreo livre e criam uma marquise de uso público. A fachada interna serve de tela de cinema para os frequentadores. O bosque, preservado, é entremeado por percursos que oferecem ambientes de contemplação, ginástica e informação sobre o antigo colégio de moças. No subsolo, haverá um centro cultural e esportivo e uma galeria de arte com uma cobertura de vidro.

-

LEMBRANÇA DO COLÉGIO
Samuel Kruchin, Kruchin Arquitetura

Para o arquiteto, especializado em patrimônio histórico, existe "um falso embate" entre a construção das torres e a criação de um parque, que pode ser superado por meio do projeto de arquitetura. Ele propõe a construção de torres que liberem espaço no solo para a praça e para o arvoredo. Uma estrutura em aço vermelho recria a fachada do colégio, um edifício neogótico.

-

URBANISMO PARTICIPATIVO
Jeff Anderson, Biourban

Por meio de um método participativo de intervenção em espaços urbanos, jovens que moram no Cambuci foram convidados para conhecer a área verde e propor soluções, como a ampliação das calçadas. Com uma faixa de rolamento a menos, a integração com a delegacia que fica em frente ao terreno aumenta. A única construção proposta é um pequeno palco.
A casa que já existe no terreno seria reformada para instalar os banheiros e uma sede social. Reflorestamento do estacionamento e instalação de bancos completam a proposta.

-

SERPENTINA
Felipe Hess"

Uma longa "serpentina" permeia o parque, delimitando espaços e guiando o usuário para nichos com teatro, espelho d'água, pista de skate, área para feira, recreação e ponto de ônibus.


*coautoria de Alfredo Peclat, Maria Pia Quagliato e Gláucia Jordão

-

FLORESTA
Movimento Organismo Parque Augusta

O projeto tem como foco a expansão da mata nativa e a remoção das estruturas de concreto que hoje fazem parte do estacionamento. A realização de atividades ecológicas, educativas e artístico-culturais deve ocorrer com infraestruturas móveis e sustentáveis.

-

ESPIGÕES
CYRELA/SETIN

Para a área do parque, a proposta dos proprietários é um espaço com praça central, parquinho, bicicletário, bebedouros, vaporizadores, espaços para palestras e festivais e internet sem fio gratuita. Segundo a Cyrela, haverá acesso livre à população.

Antonio Setin disse à Folha em janeiro que a proposta da construtora é de duas torres de 100 m de altura cada uma. A primeira, residencial, com cerca de 340 apartamentos de 60 m² a 100 m². A outra terá 250 unidades hoteleiras, 300 estúdios, 200 escritórios e dez pontos comerciais no térreo, como lojas e restaurantes.

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Siga a folha

Envie sua notícia

Publicidade

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Folha Shop

TV LED TV LED Smart, HDMI, Full HD a partir de R$ 899,90

Geladeira Geladeira Side By Side, Duplex, Frost Free a partir de R$ 849,00

Home Theater | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página