Conheça 25 restaurantes, bares e cafés que fazem do centro de SP uma delícia

Helena Peixoto/folhapress
Sao Paulo, SP, Brasil. Revista saopaulo. Holy Burger. Foto: Helena Peixoto/folhapress.
Fachada do Holy Burguer, no centro de São Paulo

Confira uma lista com 25 casas da região central de São Paulo que valem uma visita (e aqui elas sugerem também o que você não pode deixar de provar).

*

RESTAURANTES

Esther Rooftop
(Desde 2016)
Casa de Pierre e Olivier Anquier, na cobertura do edifício Esther. Cardápio de acento francês assinado por Benoit Mathurin.
O que provar: arroz de frutos do mar, polvo, lagostins e mexilhões, caldo tailandês e amendoins (R$ 79).

R. Basílio da Gama, 29, República, região central, tel. 3256-1009. 84 lugares. Seg. a qui.: 12h às 15h e 18h às 23h. Sex.: 12h às 15h e 18h às 24h. Sáb.: 12h às 24h. Dom.: 12h às 17h.

-

A Casa do Porco Bar
(Desde 2015)
Disputada casa do chef Jefferson Rueda, especializada em carne suína.
O que provar: porco Sanzé (R$ 48), assado na brasa e servido com tutu de feijão, tartare de banana, couve e farofa.

R. Araújo, 124, República, região central, tel. 3258-2578. 57 lugares. Seg. a sáb.: 12h às 24h. Dom.: 12h às 17h.

-

Armazém Alvares Tibiriçá
(Desde 2014)
Misto de bar, restaurante e mercearia, a casa é uma empreitada do empresário Tibira. Tem ambiente inspirado nos armazéns portuários.
O que provar: bife de chorizo com vagem, batatas e farofa (R$ 59).

R. Mq. de Itu, 847, Vila Buarque, região central, tel. 2365-1671. 70 lugares. Seg.: 10h às 18h. Ter. a qui.: 10h às 24h. Sex.: 10h à 1h. Sáb.: 12h à 1h. Dom.: 12h às 20h.

-

Bar da Dona Onça
(Desde 2008)
No térreo do Copan, a casa tem cozinha comandada pela chef Janaina Rueda e oferece boa oferta de petiscos e pratos.
O que provar: arroz de galinhada com gema curada (R$ 61).

Av. Ipiranga, 200, lj. 27/29, República, região central, tel. 3257-2016. 130 lugares. Seg. a qua.: 12h às 23h30. Qui. a sáb.: 12h à 0h30. Dom.: 12h às 17h30.

-

Biyou'Z
(Desde 2007)
A camaronesa Melanito Biyouha apresenta receitas típicas de seu país de origem.
O que provar: ndolé (R$ 33), creme à base de amendoim e boldo, banana-da-terra cozida e camarões fritos.

Al. Br. de Limeira, 19, Campos Elíseos, região central, tel. 3221-6806. 35 lugares. Seg. a dom.: 12h às 22h.

-

Delishop
(Desde 1991)
Num salão simples, o restaurante serve receitas típicas judaicas e algumas abrasileiradas.
O que provar: shpondra (costela de boi cozida, R$ 45) com vareniques (raviólis de batata com cebola).

R. Correia de Melo, 206, Bom Retiro, região central, tel. 3228-4774. 45 lugares. Seg. a sáb.: 8h30 às 15h30.

-

El Punto Gringo
(Desde 2017)
O argentino Juan Troccoli (sócio do bar Azucar) abriu o restaurante recentemente para servir as receitas caseiras de sua terra natal.
O que provar: milanesa de ternera com molho vinagrete (R$ 32).

Av. Vieira de Carvalho, 179, República, região central, tel. 3222-8674. Seg.: 12h às 15h. Ter. a sáb.: 12h às 22h.

-

Ita
(Desde 1953)
A casa de grandes balcões à moda antiga (e apenas eles) e os garçons de sempre tem comida simples a preços camaradas.
O que provar: Paissandú, com arroz, feijão, bife e ovo (R$ 18).

R. do Boticário, 31, República, região central, tel. 3223-3845. 38 lugares. Ter. a sex.: 11h30 às 19h. Sáb.: 11h30 às 18h.

-

La Casserole
(Desde 1954)
Clássicos da cozinha francesa brilham nesta tradicional casa instalada no largo do Arouche, em frente ao mercado de flores.
O que provar: gigot aux soissons (perna de cordeiro assada com feijão branco, R$ 72).

Lgo. do Arouche, 346, República, região central, tel. 3331-6283. 70 lugares. Ter. a sex.: 12h às 15h e 19h às 24h. Sáb.: 12h30 às 16h e 19h à 0h30. Dom.: 12h30 às 17h.

-

La Central
(Desde 2015)
No térreo do edifício Copan, o restaurante destaca a gastronomia da Cidade do México.
O que provar: picadillo La Central (carne com chile, ovo, purê de feijão, milho, queijo fresco e banana frita, R$ 40).

Av. Ipiranga, 200, República, região central, tel. 3214-5360. 75 lugares. Seg. a sex.: 12h às 15h30 e 19h às 24h. Sáb.: 12h às 24h. Dom.: 12h às 17h30.

-

Monte Líbano
(Desde 1973)
Em meio ao burburinho da rua 25 de Março, o restaurante serve as receitas preparadas pela libanesa Alice Maatouk.
O que provar: quibe assado na brasa com salada (R$ 32).

R. Cav. Basílio Jafet, 38, 1º andar, Centro, região central, tel. 3326-3544. 70 lugares. Seg. a sex.: 11h às 15h30.

-

Rinconcito Peruano
(Desde 2011)
Uma tímida porta na rua Aurora leva ao primeiro restaurante do chef peruano Edgard Villar, que hoje tem casas em outros seis endereços pela cidade.
O que provar: ceviche de pescado (R$ 38,90).

R. Aurora, 451, Santa Efigênia, região central, tel. 3361-2400. 200 lugares. Seg.: 12h às 17h. Ter. a sáb.: 12h às 22h. Dom.: 12h às 21h.

-

Santinho
(Desde 2015)
Com um bem cuidado serviço de bufê, a casa da chef Morena Leite (do Capim Santo) reúne receitas com olhar brasileiro.
O que provar: entre as opções estão salada de banana, galinha caipira com pequi e ravióli de tapioca (R$ 56, por pessoa).

Pça. Ramos de Azevedo, s/ nº, República, região central, tel. 3221-8061. 82 lugares. Seg. a sex.: 10h às 15h.

Gabriel Cabral/Folhapress
São Paulo, SP, Brasil, 13-09-2013: O restaurante Ita parece ter parado no tempo. Ali, mesas foram dispensadas e deram lugar a grandes balcões. R. do Boticário, 31, República, tel.: 3223-3845. (Foto Gabriel Cabral/Folhapress)
Fachada do restaurante Ita, que serve comida a preços camaradas

*

BARES

Barouche
(Desde 2016)
O minúsculo bar, montado em uma galeria comercial, atrai jovens que se revezam entre os bancos no salão e o parklet na calçada em frente ao espaço.
O que provar: sbrodaccio, drinque com gim, amaro, limão e citrus (R$ 25).

Lgo. do Arouche, 103, República, região central, tel. 3224-9097. 60 lugares. Qui. e sex.: 18h às 24h. Sáb.: 17h às 24h. Dom.: 17h às 23h.

-

Buraco
(Desde 2017)
Escondido sobre uma loja na região central da cidade, esse bar de drinques tem a assinatura do bartender Márcio Silva (Guilhotina) em sua carta.
O que provar: Sylvia, drinque com rum, chai masala, gengibre, limão, açúcar e tônica (R$ 25).

R. Dr. Cesário Mota Jr., 281, sobreloja, Vila Buarque, região central, tel. 3221-3321. 40 lugares. Qua. a sáb.: 19h à 1h.

-

Casa de Francisca
(No centro, desde 2017)
No lindo Palacete Tereza, a Casa de Francisca tem, além dos shows intimistas ou dançantes, um restaurante.
O que provar: nhoque do Genaro (massa de batata com molho de tomate, laranja e parmesão R$ 41,30).

R. Quintino Bocaiúva, 22, Sé, região central, tel. 3052-0547. 120 lugares. Qua. a sex.: 11h30 às 15h e 19h30 à 1h. Sáb.: 12h30 às 15h30 e 20h à 1h30.

Alexandre Schneider/Divulgação
Sanduíche de porco do Lira bar empório, com pão de fermentação natural, queijo, chutney de maçã e carne desfiada
Sanduíche de porco do Lira bar, com pão de fermentação natural, queijo e chutney de maçã

Kraut Bar
(Desde 2016)
O bar de sotaque alemão e cara moderna tem cervejas, drinques e sanduíches.
O que provar: sanduíche de schnitzel de carne (R$ 25) e chope Burgman lager (300 ml, R$ 9).

R. Br. de Tatuí, 405, Vila Buarque, região central, tel. 4323-6390. 55 lugares. Ter. a qui.: 12h às 15h e 18h às 24h. Sex.: 12h às 15h e 18h à 1h. Sáb.: 12h à 1h. Dom.: 12h às 18h.

-

Lira Bar Empório
(Desde 2016)
O pequeno bar com uma grande mesa coletiva serve chopes e cervejas, além de bocados em bom pão.
O que provar: sanduíche de costela de porco, queijo e chutney de maçã (R$ 34) e cerveja Synergy Union Session (R$ 31, 500 ml)

R. Mq. de Itu, 1.039, Vila Buarque, região central, tel. 2528-3786. 35 lugares. Ter. a sex.: 17h às 23h. Sáb.: 14h às 23h. Dom.: 14h às 20h.

-

Mandíbula
(Desde 2014)
No último andar da galeria Metrópole, o bar promove festas e reúne turmas nos corredores e na varanda do prédio.
O que provar: gim-tônica (R$ 22).

Pça. D. José Gaspar, 106, 2º andar, lj. 40, República, região central, tel. 3129-3556. 25 lugares. Seg. a qua.: 18h às 22h. Qui. e sex.: 18h às 24h.

Pablo Saborido/Divulgação
Casa de Francisca no Palacete Teresa, no centro historico de SP. (Foto Pablo Saborido/Divulgacao) ***DIREITOS RESERVADOS. NÃO PUBLICAR SEM AUTORIZA«ÃO DO DETENTOR DOS DIREITOS AUTORAIS E DE IMAGEM***
Casa de Francisca no Palacete Teresa, no centro historico de SP

*

QUITUTES

Casa Mathilde
(Desde 2013)
A casa, que descende de uma centenária fábrica de doces portuguesa, serve tradicionais receitas lusitanas.
O que provar: pastel de nata (R$ 7,80) e café expresso (R$ 5,80).

Pça. Antônio Prado, 76, Centro, região central, tel. 3104-7955. 100 lugares. Seg. a sex.: 9h às 19h30. Sáb.: 9h30 às 16h30.

-

Mundo Pão do Olivier
(Desde 2017)
Aos pés do edifício Esther, está instalada esta padaria, nova empreitada do chef e empresário francês Olivier Anquier.
O que provar: p72, o pão fermentado por 72 horas (R$ 24, o quilo).

R. Sete de Abril, 425, lj. 1, República, região central, tel. 3120-3521. 40 lugares. Seg. a sex.: 7h às 20h. Sáb. e dom.: 8h30 às 19h.

-

Conceição Discos e Comes
(Desde 2014)
Atrás do balcão verde, a sorridente Talitha Barros prepara suculentos arrozes e quitutes enquanto vinis são tocados na vitrola.
O que provar: pão de queijo com pernil (R$ 16).

R. Imaculada Conceição, 151, Vila Buarque, região central, tel. 3477-4642. 22 lugares. Ter. a sáb.: 10h às 21h. Dom.: 12h às 17h.

-

Holy Burger
(Desde 2014)
No pequeno e animado salão, com referências industriais, o hambúrguer é a especialidade.
O que provar: original (com cheddar, cebola caramelizada, bacon e maionese caseira no pão preto, R$ 27).

R. Dr. Cesário Mota Jr., 527, Vila Buarque, região central, tel. 4329-9475. 35 lugares. Seg. a qui.: 12h às 16h e 18h às 24h. Sex.: 12h às 16h e 18h à 1h. Sáb.: 12h à 1h.

-

Pinati
(Desde 2011)
A simpática lanchonete israelense tem cardápio com sabores da cozinha judaica.
O que provar: falafel no pão pita, com hommus, terrine e salada (R$ 27,50).

Al. Barros, 782, Santa Cecília, região central, tel. 3668-5424. 25 lugares. Seg. a qui. e dom.: 12h às 22h. Sex.: 12h às 15h.

-

Takko
(Desde 2014)
O café, que se chamava Beluga, tem a bebida em várias extrações e bons quitutes para aplacar a fome.
O que provar: coado do dia (R$ 6) e pão de queijo do Lá da Venda (R$ 6,50).

R. Dr. Cesário Mota Jr., 379, Vila Buarque, região central, tel. 3214-5322. 30 lugares. Seg. a sáb.: 9h às 19h.

Publicidade
Publicidade