Publicidade
Publicidade
Publicidade

Quase 30% das compras de mercado vão para o lixo; veja como economizar

Para economizar em casa, o primeiro passo é saber o quanto se ganha, tirando os descontos, e o quanto se gasta. No caso de contas de água, luz e gás, isso é mais fácil. O mais complicado está no cálculo dos gastos com supermercado, já que pequenas compras nem sempre são computadas.

"É preciso ter uma planilha de orçamento, com todas as despesas fixas", recomenda Ione Amorim, economista do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor). Isso pode ser feito tanto em aplicativos quanto no bom e velho caderninho.

Aí, dá para enxergar de forma mais clara o que é prioridade e o que dá para reduzir. "Fazer as contas de quanto cada coisa custa por ano é importante para que a pessoa leve um susto e reconsidere se realmente aquele gasto faz sentido", afirma a planejadora financeira Eliane Habib.

A alimentação é uma das maiores despesas em uma residência -e também onde há muito desperdício.

Uma família que gasta, em média, R$ 650 ao mês no supermercado joga no lixo cerca de R$ 180 em alimentos, de acordo com Renata Soares, diretora-executiva do Instituto Akatu, que estimula o consumo consciente.
"O consumidor não pode ir às compras distraído e deve sempre se perguntar se precisa realmente daquele produto", afirma.

Isso também se aplica ao consumo de água, gás e energia elétrica. "É preciso sair do automático e adquirir novos hábitos, que vão se traduzir em economia financeira e de recursos naturais."
Veja, a seguir, ideias para reduzir o desperdício dentro de casa.

*

SUPERMERCADO

Antes
- Planeje o cardápio da semana, com as refeições que fará em casa. Liste os ingredientes necessários para cada preparo. Não se esqueça de verificar o que já está na despensa ou na geladeira

- A compra de itens perecíveis deve ser feita pelo menos uma vez por semana, para evitar o desperdício. Já a de materiais de limpeza pode ter uma frequência menor

- Programe-se para ir ao mercado no mesmo dia em que chega o carregamento de frutas e verduras. Isso fará com que elas demorem mais para estragar

- Coma antes de sair. A fome pode induzi-lo a levar mais produtos do que precisa

Alexandre Affonso

Durante
- Vá direto aos itens que estão marcados na lista. Passear pelos corredores aumenta a chance de comprar por impulso

- Dê preferência aos vegetais da estação, que, em geral, têm custo mais baixo

Depois
- Ao guardar os alimentos, posicione à frente os itens que já estavam na despensa, para que os produtos próximos ao vencimento fiquem mais visíveis

- Só higienize frutas e verduras antes de consumi-las. Guardá-las lavadas reduz sua durabilidade

- Aproveite os alimentos de forma integral. Por exemplo, o talo da couve é rico em ferro e pode ser usado no preparo de sopas. Já a casca do abacaxi é boa para fazer chás digestivos

- Guarde sobras de receitas em potes transparentes, para que não fiquem esquecidos na geladeira

- Se não conseguir consumir as frutas antes que estraguem, congele-as cortadas em cubos, para serem usadas no preparo de sucos e vitaminas

- Para congelar legumes, antes é preciso submetê-los a um processo de branqueamento -fervura e, em seguida, choque térmico com água gelada

ÁGUA

Pia
- Feche bem a torneira. Uma torneira pingando pode desperdiçar 40 litros de água por dia

- Instale redutores de vazão, que podem levar a uma economia de pelo menos 20% do consumo nos pontos em que foram acoplados. Os preços variam de R$ 4,19 a R$ 97,90, na Leroy Merlin (leroymerlin.com.br). O item também pode ser usado em chuveiros

Alexandre Affonso

- Escove os dentes com a torneira fechada. Ao enxaguar a boca só com um copo d'água, a economia pode ser de cerca de 11,5 litros

Chuveiro
- Reduza o tempo de banho. Em um chuveiro elétrico, dá para economizar até 96 litros ao diminuir o banho de 15 para 5 minutos

- Se o aquecimento for a gás, coloque um balde para recolher a água enquanto o chuveiro esquenta. Assim, é possível reutilizar até 15 litros

Louça
- Beba água em um mesmo copo ao longo do dia

- Antes de lavar a louça na pia, limpe os restos de comida com um papel

- Com a torneira fechada, ensaboe primeiro os copos e louças com menos gordura. Depois, vá para pratos e panelas mais sujos

- Use apenas a quantidade de detergente adequada. Quanto mais espuma, mais água será necessária para eliminá-la

- Enxágue tudo de uma vez. Aproveite a água usada nos copos para molhar outras louças

- Se preciso, esquente água em uma chaleira para enxaguar os itens mais gordurosos

- Só use a lavadora de louça quando estiver cheia

ENERGIA

Lâmpadas
- Substitua as fluorescentes por LEDs, que consomem metade da energia e duram pelo menos três vezes mais

Alexandre Affonso

Roupa
- Use a lavadora de roupas sempre em capacidade máxima, para economizar energia e água (que pode ser reutilizada na lavagem do quintal)

- Pendure as blusas em cabides para que já sequem esticadas

- Acumule o máximo possível de peças para passá-las de uma só vez

- Antes de ligar o ferro, separe as roupas por tecido. Os mais finos, como seda e poliéster, que exigem uma temperatura mais baixa, devem ser passados primeiro. Depois, vá para os mais grossos, como algodão e jeans

- Desligue o aparelho e aproveite o calor para passar as peças íntimas

Chuveiro elétrico
- Deixe a chave do chuveiro no modo "verão" para reduzir o gasto de energia em até 30%. O chuveiro elétrico é responsável por um quarto do consumo mensal de uma residência com até quatro pessoas

Aparelhos eletrônicos
- Uma geladeira antiga pode ser o equipamento de maior consumo energético em uma residência. Prefira equipamentos mais novos e com selo Procel, que indica os mais eficientes

- Tire sempre os aparelhos da tomada quando não estiverem sendo utilizados

- Desligue o computador se não for usá-lo nas próximas duas horas, e o monitor, nos próximos 15 minutos

- Quanto maior o tamanho da TV, maior será o seu consumo. Evite aumentar muito o volume, o que também eleva o gasto

- Prefira plugar os aparelhos direto na tomada. O uso de adaptadores e benjamins podem gerar perda de energia

- Para reduzir o consumo do ar-condicionado, mantenha o ambiente fechado e com as portas e janelas bem vedadas. A temperatura não deve ficar abaixo dos 23 graus, para que o equipamento não trabalhe além do necessário

GÁS

Alexandre Affonso

Cozinha
- Fique atento à coloração da chama. Se em vez de azul ela estiver amarelada, é sinal de que o queimador não está bem regulado e pode estar soltando mais gás do que o necessário

- Escolha a panela adequada ao tamanho da boca do fogão. Se o recipiente for grande demais, o tempo de cozimento será maior. Se for muito pequeno, parte da chama ficará para fora, gerando desperdício

- Se a receita permitir, tampe a panela para acelerar o cozimento. Quando possível, use panela de pressão

- Para cozinhar legumes mais duros, corte-os em cubos e não exagere na quantidade de água. Quando começar a ferver, mantenha o fogo baixo

Banheiro
- Faça a manutenção do aquecedor a cada seis meses

- Regule a temperatura do aparelho de acordo com o clima. Usar o equipamento na potência máxima e misturar água fria gera desperdício de gás e de água

Fontes: Eliane Habib, consultora financeira; Ione Amorim, economista do Idec; Gina Marini, coordenadora nacional dos programas de nutrição do Sesi; Sérgio Silva, diretor comercial da Comgás; Renata Soares, diretora-executiva do Instituto Akatu; Mário Kawano, professor de engenharia elétrica da FEI; Sabesp; AES Eletropaulo e Ultragaz

Publicidade
Publicidade
Publicidade
DFP -->