Em processo de reinvenção, Volkswagen tem o maior percentual de crescimento do ano

Arte Folha
Top of Mind 201 - top performance

Em seus discursos recentes, David Powels, presidente da Volkswagen do Brasil e da América do Sul por três anos, destacou os esforços feitos pela montadora para voltar a ser protagonista do setor automotivo nacional. Pelos números do Top of Mind, as iniciativas têm dado resultado.

Além de recuperar a liderança na categoria Carro, a Volkswagen venceu o Top Performance, prêmio dado à marca que mais cresceu em relação ao levantamento anterior. A empresa saltou de 23% para 26%. No "awareness", passou de 45% para 51% e garantiu a vitória.

"Nossas pesquisas demonstravam que a imagem era um ponto a ser melhorado. Fizemos grandes progressos na construção de uma nova Volkswagen, que está se tornando uma empresa verdadeiramente focada nos clientes e nas pessoas", afirma Powels.

O lançamento do hatch compacto Polo foi uma das ações que colocaram a marca em evidência neste ano. A estratégia passa por uma sequência de prévias do produto e inclui a websérie "01.09", que teve mais de 20 milhões de visualizações.

Um ícone do passado também teve destaque. Em 2017, a primeira Kombi nacional, que saiu do mercado em 2013, fez 60 anos de produção. A data foi celebrada por fãs do modelo, que promoveram encontros no país inteiro.

O processo de reinvenção da marca envolve ainda os revendedores. "Estamos fazendo uma renovação das instalações em concessionárias. Precisamos ter um mesmo padrão, compatível com a nossa linha de produtos", diz o presidente da Volks no país.

Agora, a montadora deseja conquistar um novo público, definido como "a classe média com atitude moderna e aspiracional". Esse é o alvo de produtos como o Polo -que está em processo de pré-venda- e o sedã Virtus, que estreia em 2018.

A empresa também está reposicionando seus carros mais em conta. O Gol, que foi líder de mercado por 27 anos, volta a ser o modelo de entrada da marca. O Fox continua em linha por mais algum tempo, mas com apenas duas opções disponíveis.

"A Volkswagen do Brasil está trabalhando em uma nova estratégia com dez campos de atuação, entre eles a renovação do portfólio de produtos, que prevê o lançamento de 20 novos modelos até 2020", revela Powels, que está de mudança: após três anos de Brasil, o executivo assumirá novas funções na VW da China.

Publicidade
Publicidade