'Brasil é nosso maior mercado no mundo', afirma diretora da Omo, vencedora no Top do Top

Pelo quinto ano seguido, Omo (7%), Coca-Cola, Nike e Samsung (4% cada uma) se destacaram na lembrança dos brasileiros. Elas figuraram no Top do Top, categoria pesquisada desde 1993 que premia "a primeira marca que lhe vem à cabeça".

Omo venceu todas as edições. Coca-Cola só ficou de fora em 1999. Nike e Samsung aparecem pela quinta vez consecutiva.

"É um orgulho estarmos todos os anos aqui no Top of Mind. A presença nos lares de todos os brasileiros, a consistência e a estratégia da comunicação nos trouxe até aqui", diz Adriana Castro, diretora de marketing da marca.

Em todos esses anos, Omo acompanhou as transformações de seu mercado consumidor.

"Vemos a evolução do mercado, com os homens participando e as famílias participando não só da lavagem, mas também da compra do produto. Na nossa comunicação, falamos da família e de que 'se sujar faz bem'. Trazemos a relação da brincadeira, do livre brincar para a comunicação. O Brasil é o maior mercado de Omo no mundo. Nós construímos e validamos o conceito 'se sujar faz bem' aqui e o exportamos para o mundo", afirma.

Publicidade
Publicidade