OMS diz que poluição mata 600 mil crianças todos os anos

Segundo relatório, 93% da população convive com índices de poluição acima do recomendado

Homem caminha por Nova Déli, na Índia, com horizonte encoberto por poluição - Anushree Fadnavis/Reuters
Genebra | Reuters

A poluição do ar mata cerca de 600 mil crianças todos os anos e causa sintomas que variam de perda de inteligência a obesidade e infecções de ouvido. E o pior, há uma limitação ao que os pais podem fazer, afirma um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) lançado nesta segunda-feira (29).

Pais devem tentar evitar a poluição do ar dentro das casas utilizando óleos menos poluentes para cozinhar e na calefação e não devem fumar, mas para reduzir a exposição das crianças ao ambiente poluído eles podem precisar fazer lobby por políticas públicas mais eficientes para lidar com a questão.

“O ar poluído está envenenando milhões de crianças e arruinando suas vidas”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em comunicado. 

Cidades da Ásia, África e América Latina estão entre as mais afetadas.

“Isso é imperdoável. Toda criança deveria poder respirar ar limpo para que possam crescer e alcançar seu máximo potencial.”

O relatório da OMS, “Receitando Ar Limpo”, divulgado durante conferência em Genebra, na Suíça, estima que 93% das crianças estejam expostas cotidianamente à poluição do ar.

Maria Neira, chefe de determinantes ambientais de saúde da OMS, disse que as descobertas preocupantes destacadas no estudo, incluindo a evidência de que a poluição causa partos prematuros ou natimortos, bem como doenças na vida adulta, deveriam levar a mudanças de políticas ambientais ao redor do mundo.
 

9 em cada 10 

pessoas no mundo respiram ar poluído

7 milhões 

de mortes por ano são relacionadas a doenças causadas pela poluição do ar

3 bilhões 

de pessoas no mundo não tem acesso a um fogão, e são suscetíveis à poluição doméstica

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.