Descrição de chapéu Dias Melhores

Número de tigres na Índia sobe 33% em quatro anos

Em 1900 havia 100 mil tigres no planeta; hoje eles somam 3.900

Matheus Moreira
São Paulo

O número de tigres selvagens na Índia —país com maior população da espécie no planeta— voltou a subir e chegou a 2.967 animais em 2018, um crescimento de 33% em comparação com o último censo, realizado quatro anos antes pela NTCA (Autoridade Nacional de Conservação de Tigres da Índia).

O país asiático prometeu em 2010, durante a Cúpula Global do Tigre, na Rússia, que dobraria o número de tigres em seu território até 2022. A meta foi cumprida com três anos de antecedência.

Foi nesta segunda-feira (29), dia internacional do Tigre, que o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, divulgou os dados do novo censo. Durante o anúncio, Modi comemorou o objetivo alcançado e disse que o país se tornou o lugar mais seguro do mundo para esses animais. 

A Índia é lar de 70% do que restou da população mundial de tigres, composta por cerca de 3.900 espécimes. 

Até 1900, havia cerca de 100 mil tigres no mundo. Em 2016, quando o número voltou a subir no planeta pela primeira vez, os dados disponíveis mantinham-se sem grandes alterações: em 100 anos, 97% da espécie havia sido exterminada.

Apesar do aumento anunciado, é necessário manter cautela, pois o aumento pode ser reflexo do aperfeiçoamento das técnicas de contagem. O censo, realizado a cada quatro anos, aumentou o número de equipamentos utilizados desde o primeiro relatório, feito em 2006. Dessa vez, foram utilizadas 350 mil imagens coletadas de 26 mil armadilhas fotográficas em uma extensão de 380.000 km², método mais eficaz que o rastreio de pegadas. 

 

Além disso, a quantidade de áreas protegidas na Índia também aumentou. Em 2014, o país mantinha 692 áreas em que os animais poderiam viver e, agora, são 860. Esse crescimento é importante para a conservação da espécie, porque esses animais, quando adultos, necessitam do seu próprio território —que pode chegar a 200 km². 

O prazo para o cumprimento da meta de 2010 está se aproximando e outros 11 países ainda precisam dobrar o número de tigres em seu território: Butão, Nepal, Vietnã, Myanmar, Malásia, Indonésia, China, Russia, Bangladesh, Tailândia e Laos. 
 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.