Bombeiros extinguem incêndio no Parque do Juquery, na Grande SP

Fogo atingiu cerca de 80% da área de proteção; rondas continuam para evitar novos focos

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O Corpo de Bombeiros de São Paulo conseguiu extinguir o incêndio que atingia o Parque Estadual do Juquery, na região metropolitana da capital paulista. Segundo a corporação, ainda há braseiros isolados e serão necessárias rondas noturnas para evitar a volta do fogo.

Durante a tarde, as chamas estavam controladas, mas ainda havia focos menores sendo combatidos.

O incêndio no parque começou no domingo (22) e, segundo a prefeitura de Franco da Rocha, cerca de 80% da área da unidade de conservação foi atingida. Ela é o último fragmento de cerrado na Grande São Paulo, em uma região de mananciais do sistema Cantareira. No local, também há remanescentes de mata atlântica.

Suspeita-se que a origem do fogo tenha sido um balão. Com a intensidade das chamas, cinzas do incêndio chegaram às áreas centrais da capital paulista.

O fogo faz parte dos processos naturais do cerrado. O bioma está adaptado e as chamas, inclusive, ajudam a preservar a diversidade de espécies.

Mas isso se aplica ao fogo natural, que normalmente é mais pontual e com menor intensidade do que o visto nos últimos dias no parque estadual.

A área é uma espécie de ilha de cerrado, cercada por cidades. Isso tanto aumenta a dificuldade de recuperação da flora quanto vira um empecilho para a fuga dos animais —a área protegida tem, por exemplo, vias de trânsito de veículos ao redor.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.