Siga a folha

Editado por Fábio Zanini, espaço traz notícias e bastidores da política. Com Guilherme Seto e Juliana Braga

Moro diz que Gilmar Mendes é inimigo do combate à corrupção

Ex-juiz afirma que ministro do STF anula tudo, não condena ninguém e é ofensivo com a Lava Jato

Continue lendo com acesso ilimitado.
Aproveite esta oferta especial:

Oferta Exclusiva

3 meses por R$1,90

+ 6 de R$ 19,90 R$ 9,90

ASSINE A FOLHA

Cancele quando quiser

Notícias no momento em que acontecem, newsletters exclusivas e mais de 200 colunas e blogs.
Apoie o jornalismo profissional.

O ex-juiz Sergio Moro (União Brasil) disse que o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes é um "inimigo do combate à corrupção".

A declaração foi dada ao canal Talk Churras, do apresentador Paulo Mathias, quando Moro falava sobre as derrotas sofridas por investigações como a Lava Jato.

O ex-juiz Sergio Moro (União Brasil) ao sair de um evento com reitores de universidades - Pedro Ladeira/Folhapress

"Agora a gente está vendo esse retrocesso. Muito vem de alguns ministros do STF, que são autodeclarados inimigos do combate à corrupção", disse Moro, que completou.

"Vou mencionar apenas um, o Gilmar Mendes, pelas posições dele: anula tudo, não condena ninguém e ainda é extremamente ofensivo nas decisões dele ao pessoal da Lava Jato", afirmou.

No STF, Gilmar tem sido um dos mais eloquentes críticos dos métodos da operação Lava Jato, e foi fundamental para algumas das principais derrotas sofridas pela operação.

A maior delas foi a declaração de suspeição do próprio Moro no processo que condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Receba notícias da Folha

Cadastre-se e escolha quais newsletters gostaria de receber

Ativar newsletters

Relacionadas