Siga a folha

Jornalista, Joana Cunha é formada em administração de empresas pela FGV. Foi correspondente da Folha em Nova York e repórter de Mercado

Empresas que mudaram protocolos na pandemia investiram em saúde mental

Segundo pesquisa de consultoria, treinamentos na área foram adotadas por 25% das companhias

Continue lendo com acesso ilimitado.
Aproveite esta oferta especial:

1 ANO DE DESCONTO

3 meses por R$1,90

+ 9 de R$ 19,90 R$ 9,90

ASSINE A FOLHA

Cancele quando quiser

Notícias no momento em que acontecem, newsletters exclusivas e mais de 120 colunistas.
Apoie o jornalismo profissional.

São Paulo

A maior parcela (25%) das empresas que adotaram protocolos de inclusão e diversidade na pandemia optaram por treinamentos de saúde mental, segundo estudo global da consultoria Mais Diversidade que, no Brasil, tem como clientes grupo Pão de Açúcar, Itaú, Ambev, Localiza, entre outros.

Cerca de 65% das companhias entrevistadas também disseram não ter um programa estruturado de diversidade e inclusão, e recorrem apenas a ações pulverizadas no ambiente de trabalho, conforme levantamento que ouviu 293 empresas.

Paula Soprana (interino), com Filipe Oliveira e Mariana Grazini

Receba notícias da Folha

Cadastre-se e escolha quais newsletters gostaria de receber

Ativar newsletters

Relacionadas