Siga a folha

Voos diários de passageiros na China recuperam 80% do nível pré-pandemia

Companhias aéreas chinesas operaram 13.059 voos de passageiros nesta quinta-feira

Continue lendo com acesso ilimitado.
Aproveite esta oferta especial:

1 ANO DE DESCONTO

3 meses por R$1,90

+ 9 de R$ 19,90 R$ 9,90

ASSINE A FOLHA

Cancele quando quiser

Notícias no momento em que acontecem, newsletters exclusivas e mais de 120 colunistas.
Apoie o jornalismo profissional.

Pequim | Reuters

O número de voos diários de passageiros na China recuperou 80% dos níveis anteriores à crise causada pelo novo coronavírus, disse o regulador de aviação chinês na sexta-feira (24).

As companhias aéreas chinesas operaram 13.059 voos de passageiros nesta quinta-feira (23), informou a Caac (Administração de Aviação Civil da China).

O tráfego diário de passageiros chegou a quase 70% do nível visto no ano passado. Os fatores de aproveitamento (taxa de ocupação das aeronaves) ficando na média de 73,57%.

Mesmo quando a China notificou novos casos de Covid-19 em algumas partes do país, a demanda doméstica de viagens se mostrou robusta, à medida que as restrições de viagens diminuíam e as tarifas aéreas continuavam baratas.

O setor de aviação global está observando atentamente a capacidade na China como um indicador das tendências de recuperação da demanda.

Pequim também está permitindo mais vôos internacionais, mas exige que todos os passageiros de chegada forneçam resultados negativos do teste Covid-19 antes do embarque.

Receba notícias da Folha

Cadastre-se e escolha quais newsletters gostaria de receber

Ativar newsletters

Relacionadas