Siga a folha

Cidade no sul da China possui maior rede 5G do mundo

No final de junho, a China tinha um total de 410 mil estações 5G

Continue lendo com acesso ilimitado.
Aproveite esta oferta especial:

1 ANO DE DESCONTO

3 meses por R$1,90

+ 9 de R$ 19,90 R$ 9,90

ASSINE A FOLHA

Cancele quando quiser

Notícias no momento em que acontecem, newsletters exclusivas e mais de 120 colunistas.
Apoie o jornalismo profissional.

Shenzhen (China) | Caixin

A cidade de Shenzhen, no sul da China, possui atualmente a maior rede de telefonia 5G do mundo, com todas as áreas cobertas pela tecnologia, anunciou o prefeito Chen Rugui na segunda-feira (17), em uma conferência de imprensa.

Com um total de 46.480 estações para uma população de aproximadamente 13 milhões, Shenzhen é hoje a primeira cidade do mundo em termos de estações de 5G por habitante.

A rede 5G de Shenzhen usa o chamado modo de acesso autônomo (standalone, ou SA), que cria uma rede com menor latência que o outro tipo de rede 5G, chamada NSA (acesso não autônomo).

A China é atualmente o líder mundial em infraestrutura 5G. No entanto, a maior parte da rede 5G que formou nos últimos dois anos se baseia nos modos NSA construídos sobre a rede 4G atual.

As três principais operadoras de celular da China disseram que a rede NSA servirá como medida temporária e, desde o início deste ano, aumentaram o investimento para construir mais estações SA.

No final de junho, a China tinha um total de 410 mil estações 5G instaladas e funcionando. No final de julho, eram 88 milhões de usuários de telefones 5G, respondendo por 80% do total mundial, de acordo com dados fornecidos por autoridades.

Receba notícias da Folha

Cadastre-se e escolha quais newsletters gostaria de receber

Ativar newsletters

Relacionadas