Siga a folha

Descrição de chapéu Folha ESG

BIS alerta para risco de 'bolha verde' em investimentos ESG

Movimentação é comparável a período que antecedeu a crise financeira global, diz chefe de departamento do banco

Continue lendo com acesso ilimitado.
Aproveite esta oferta especial:

BLACK NOVEMBER

3 meses grátis

+ 9 de R$ 19,90 R$ 9,90

ASSINE A FOLHA

Cancele quando quiser

Notícias no momento em que acontecem, newsletters exclusivas e mais de 120 colunistas.
Apoie o jornalismo profissional.

Londres | Reuters

O Banco de Compensações Internacionais (BIS, na sigla em inglês) alertou para o risco crescente de uma bolha de preços nos ativos voltada à economia verde, que seguem a agenda ambiental.

A urgência em limitar os fatores que levam ao aquecimento global e também em abordar outras questões, como a desigualdade racial e social, elevou a popularidade e o volume de recursos canalizados para iniciativas que promovem a governança ambiental, social e corporativa (definido pela sigla em inglês ESG).

Algumas estimativas indicam que os ativos focados em ESG dispararam para um valor de US$ 35 trilhões (R$ 185,8 trilhões) e agora respondem por mais de um terço de todos os ativos gerenciados profissionalmente por bancos e fundos de investimento.

Uma definição mais restrita, incluindo apenas fundos negociados em bolsa (ETFs, na sigla em inglês) e fundos mútuos com ESG ou investimento socialmente responsável, aponta crescimento ainda mais rápido, dez vezes maior, para aproximadamente US$ 2 trilhões (R$ 10,6 trilhões). Isso é evidenciado por ativos como ações de energia limpa e carros elétricos e títulos "verdes", que dispararam nos últimos anos.

"Há sinais de que os valores dos ativos ESG podem estar alongados", disse o BIS, que realiza reuniões regulares para os bancos centrais do mundo, como parte de seu último relatório trimestral.

Claudio Borio, chefe do departamento monetário e econômico do BIS, citou o risco de uma "bolha verde", destacando como o salto dos ETFs e fundos mútuos era comparável a partes do mercado de títulos lastreados em hipotecas no período que antecedeu a crise financeira global.​

Receba notícias da Folha

Cadastre-se e escolha quais newsletters gostaria de receber

Ativar newsletters

Relacionadas