Descrição de chapéu Há 50 anos

1968: Costa e Silva dá a general carta branca para investigar Marighella

0
O guerrilheiro Carlos Marighella, fundador do grupo armado Ação Libertadora Nacional - William/Acervo UH/Folhapress
São Paulo

O presidente Arthur da Costa e Silva autorizou o general Luís de França Oliveira, secretário de Segurança do Rio, a investigar com “carta branca” o grupo sob o comando do ex-deputado Carlos Marighella.

O general diz que o foragido lidera grupo que assalta bancos e pratica atos terroristas.

O estudante Paulo Cesar Monteiro Bezerra, que está detido, diz que o ex-deputado participou do assalto ao carro pagador do Ipeg (Instituto de Previdência do Estado da Guanabara), no último dia (8), quando foram roubados NCr$ 123 milhões (cerca de R$ 1 bilhão).

Já há pedidos de prisão contra Marighella e Bezerra, acusado de guiar o carro do roubo.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.