Descrição de chapéu Há 50 anos

1969: Presidente do MDB considera o AI-5 incompatível com nova Constituição

São Paulo

“Sem a revogação dos atos de exceção, o reingresso do país no regime constitucional pleno será impossível”, disse Oscar Passos, presidente do MDB, neste sábado (19), ao saber que a nova Carta não revogará o Ato Institucional nº5.

Segundo o líder oposicionista, serão nulos os dois aspectos positivos  da nova Constituição: a manutenção das eleições diretas para governadores e a incolumidade dos direitos e garantias individuais.

Para Passos, a redução do número de senadores e deputados abre um quadro sombrio para a oposição, já preocupada diante do mistério que envolve as condições de funcionamento do Congresso.

Primeira página da Folha de S.Paulo de 20 de julho de 1969
Primeira página da Folha de S.Paulo de 20 de julho de 1969 - Folhapress
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.