Descrição de chapéu Há 50 anos

1969: Costa e Silva aprova general Médici como seu sucessor na Presidência

São Paulo

O general Emílio Garrastazu Médici, 63, será o sucessor do presidente Arthur da Costa e Silva, 70. O anúncio foi feito na manhã desta terça (7), no Palácio das Laranjeiras, no Rio.

A decisão final foi tomada durante reunião do Alto Comando das Forças Armadas, realizada no edifício do Ministério da Marinha. Pela manhã desta terça, o futuro presidente manteve um longo diálogo com o marechal Costa e Silva.

Carlos Chagas, da Secretaria de Imprensa da Presidência da República, disse que Costa e Silva aprovou o nome de Médici fazendo um sinal com o polegar. Dona Iolanda, mulher do presidente, manifestou seu apoio ao escolhido.

Primeira página da Folha de S.Paulo de 8 de outubro de 1969
Primeira página da Folha de S.Paulo de 8 de outubro de 1969 - Folhapress

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.