Descrição de chapéu Há 50 anos

1970: Em sua estreia na F-1, com 23 anos, Emerson Fittipaldi fica em 8º

Correndo pela Lotus, piloto brasileiro largou em 21º lugar em Brands Hatch

São Paulo

Há 50 anos, Emerson Fittipaldi tornou-se o quinto piloto brasileiro a estrear na F-1, a principal categoria do automobilismo.

E a primeira vez de Fittipaldi ocorreu quando ele tinha 23 anos, pouco mais de um ano após ter deixado o Brasil e ter disputado sua primeira corrida internacional.

Emerson Fittipaldi, em carro da Lotus
Emerson Fittipaldi, em carro da Lotus - Acervo UH - jul.1970/Folhapress

Apesar de ser aquele o primeiro GP de Fittipaldi, a corrida na Inglaterra já era a sétima do Mundial da F-1. Rato, como era conhecido o brasileiro, correu pela Lotus, então comandada por Colin Chapman, que o tinha contratado no final de 1969.

O brasileiro largou em 21º e terminou em oitavo lugar, tendo completado 78 voltas no autódromo de ​Brands Hatch. O vencedor da prova foi o companheiro de Fittipaldi, o austríaco Jochen Rindt.

Em 1970, Fittipaldi disputou só cinco GPs, mas protagonizou dois feitos históricos, ao tornar-se o primeiro brasileiro a vencer na F-1, em 4 de outubro, no GP dos EUA, e ver essa vitória definir o primeiro título póstumo da categoria, para Rindt, que, mesmo tendo morrido em 5 de setembro, não pode mais ser alcançado.

Os pontos de Fittipaldi naquele ano foram decisivos para a Lotus superar a Ferrari e vencer o Mundial de Construtores. E essa temporada ajudou o brasileiro a pavimentar o caminho para os dois títulos mundiais na F-1, em 1972 e 1974 --depois, ele ainda foi campeão na F-Indy, em 1989, nos EUA.

"Quando saí do Brasil, meu sonho não era ser campeão mundial, mas sim poder largar em um GP de
F-1", disse ele, em 2012, em entrevista ao site Tazio, resgatada em 2017 pelo Projeto Motor.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.