Descrição de chapéu Há 50 anos

1970: Mãe do cônsul sequestrado vai ao Uruguai e faz apelo por liberdade

São Paulo

O cônsul brasileiro Aloysio Marés Dias Gomide, sequestrado na sexta-feira (31) em Montevidéu, no Uruguai, continua refém dos integrantes da guerrilha urbana Tupamaros.

O governo uruguaio ainda não se manifestou sobre uma possível libertação de presos políticos em troca do fim do sequestro. A Embaixada do Brasil mantém, também, a maior reserva.

A mãe do diplomata sequestrado, Ericina Dias Gomide, viajou para Montevidéu e, ao desembarcar, fez um apelo aos sequestradores. “Tratem bem o meu filho e o liberem o mais depressa possível”, disse.

Ela se reuniu com a nora e com os seis netos.

Primeira Página da Folha de 2 de agosto de 1970
Primeira Página da Folha de 2 de agosto de 1970 - Reprodução

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.