Descrição de chapéu Há 50 anos

1970: Parlamento da Itália aprova a lei do divórcio; Vaticano reage

São Paulo

Por 319 votos contra 286, a Câmara dos Deputados da Itália aprovou na madrugada de terça-feira (1º) o projeto de lei que institui o divórcio no país.

A lei entrará em vigor tão logo seja sancionada pelo presidente Giuseppe Saragat.

Mas os opositores ao divórcio começaram a recolher assinaturas a fim de que o tema seja submetido a referendo.

O papa Paulo 6º, que está viajando na Austrália, interrompeu suas atividades para manifestar o “profundo desgosto que o divórcio trará às famílias italianas, especialmente às crianças, e por ser lesivo à concordata entre a Santa Fé e o Estado italiano”.

Primeira Página da Folha de 2 de dezembro de 1970
Primeira Página da Folha de 2 de dezembro de 1970 - Reprodução
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.