Descrição de chapéu Há 50 anos

1970: Sequestradores do cônsul brasileiro no Uruguai exigem US$ 1 milhão

São Paulo

O cônsul brasileiro em Montevidéu, Aloysio Marés Dias Gomide, está há 135 dias em poder dos sequestradores da guerrilha urbana Tupamaros, no Uruguai. E para libertá-lo, a sua mulher, Maria Aparecida Gomide, iniciou uma campanha para arredar US$ 1 milhão para pagar o resgate.

Antes, o grupo exigia a libertação dos presos políticos no Uruguai, o que foi recusado pelo governo local.

Agora, a mulher do cônsul espera ajuda para chegar ao valor pedido pelos sequestradores. “Só o povo brasileiro, ninguém mais, poderá libertar o Aloysio”, disse Maria Aparecida, exibindo uma carta do marido.

Primeira Página da Folha de 13 de dezembro de 1970
Primeira Página da Folha de 13 de dezembro de 1970 - Reprodução

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.