Descrição de chapéu Há 50 anos

1971: Ministro uruguaio renuncia em meio a fracasso em resolver sequestros

São Paulo

Considerado "homem forte" do governo do Uruguai e responsável pelas operações que tentam resgatar os três estrangeiros em poder da guerrilha urbana Tupamaros, o ministro do Interior, o general Antonio Francese, renunciou nesta terça-feira (19).

Embora não tenha sido revelado o texto da renúncia, os meios políticos locais a relacionam com o malogro dos órgãos de segurança em localizar os três sequestrados.

Um dos reféns é o cônsul brasileiro Aloysio Marés Dias Gomide (raptado em julho de 1970). Os outros são o agrônomo americano Claude Fly e o embaixador do Reino Unido no Uruguai, Geoffrey Jackson.

Primeira Página da Folha de 20 de janeiro de 1971
Primeira Página da Folha de 20 de janeiro de 1971 - Reprodução

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.