Descrição de chapéu Há 50 anos

1971: Ofensiva de guerrilheiros no Camboja deixa 200 mortos

São Paulo

Guerrilheiros cambojanos, vietcongues e norte-vietnamitas conseguiram destruir na madrugada desta sexta-feira (22) grande parte das instalações do aeroporto internacional de Phnom Penh, capital do Camboja.

Esse foi o primeiro ataque contra a cidade desde que a guerra na Indochina se estendeu ao Camboja, em março de 1970. A ação matou cerca de 200 pessoas, entre militares e civis.

O fogo dos morteiros destruiu dois depósitos de munição, três hangares e vários aviões e helicópteros. Depois do bombardeio, um comando suicida com 18 homens aumentou a destruição.

Primeira Página da Folha de 23 de janeiro de 1971
Primeira Página da Folha de 23 de janeiro de 1971 - Reprodução

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.