Descrição de chapéu BBC News Brasil

'Mad' Mike Hughes: americano morre em foguete caseiro que tentava provar que 'a Terra é plana'

Porta-voz, no entanto, diz que piloto não acreditava nessa teoria da conspiração

BBC News Brasil

Um piloto americano morreu no sábado (22) depois de seu foguete caseiro ter um lançamento malsucedido e cair no deserto da Califórnia.

"Mad" Mike Hughes, 64, era conhecido por defender que a "Terra é plana" e pretendia lançar o próprio foguete supostamente para provar sua teoria.

Mike Hughes, o piloto americano que dizia querer mostrar que a terra é plana
Mike Hughes, o piloto americano que dizia querer mostrar que a terra é plana - Reprodução

Um vídeo publicado no Twitter mostra o foguete sendo lançado e caindo ao chão, pouco depois, perto da cidade californiana de Barstow.

Segundo o site Space.com, Hughes fez o lançamento para um programa de TV chamado Homemade Astronauts (astronautas caseiros, em tradução livre), da emissora Science Channel, e pretendia alcançar uma altitude de 1,5 mil metros. O foguete fora construído com US$ 18 mil.

Também no vídeo do lançamento, é possível ver um paraquedas se soltando do foguete segundos após a decolagem, mas aparentemente cedo demais.

 

O Departamento de Polícia de San Bernardino afirmou que policiais foram chamados para atender à ocorrência às 14h locais do sábado.

"Um homem foi pronunciado morto depois que o foguete colidiu no deserto", disse o departamento. O agente de Hughes confirmou sua morte à imprensa americana.

Hughes fez fama como terraplanista, mas seu porta-voz, Darren Shuster, afirmou ao jornal Los Angeles Times que isso era apenas uma estratégia publicitária para chamar atenção.

"Eu não acho que ele acreditava (que a Terra é plana)", disse. "Ele defendia algunas teorias da conspiração sobre o governo. Mas não confunda isso com Terra plana. Foi uma ação de relações públicas que bolamos."

Pelo Twitter, o Science Channel lamentou a morte de Hughes, dizendo que "sempre foi o sonho dele fazer esse lançamento, e nós estávamos lá para fazer a crônica de sua jornada". Muitos usuários, porém, criticaram a emissora por estimular uma "autoilusão" de Hughes e "promover a ignorância".

 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.