Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/12/2002 - 00h00

Entenda o processo da clonagem

Publicidade

da Folha Online

A palavra "clone" vem do grego "klón", que significa "rebento" ou "broto". A clonagem é uma forma de reprodução assexuada, que produz um novo indivíduo usando apenas o DNA de uma pessoa.

Os cientistas removem o material genético de uma óvulo não-fertilizado e o substituem pelo DNA de uma célula do ser que se deseja clonar. Sob as condições apropriadas, o óvulo começa a se dividir e formar um embrião, que é implantado em um útero.

Para a criação da Dolly, em 1997, primeira experiência bem-sucedida de clonagem de um mamífero, foram extraídas células da mama de uma ovelha e delas retiradas seu núcleo, que contém as informações genéticas. Esses núcleos foram injetados em oócitos --células que dão origem ao óvulo--, os quais tiveram sua função reprodutora reativada. Como só foi usado o DNA de uma fêmea, o resultado foi outra fêmea.

Editoria de Arte/Folha Imagem

Desde então, os cientistas têm tido sucesso em clonar diversos animais. No ano passado, cientistas dos Estados Unidos clonaram embriões humanos para retirar células-tronco, sem que eles se desenvolvessem.

Muitos cientistas são contra a clonagem humana por ser muito arriscada. A própria Dolly apresentou problemas de saúde que podem estar relacionados ao processo, como envelhecimento precoce.

Leia mais

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página