Mirian Goldenberg

Antropóloga e professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro, é autora de "A Invenção de uma Bela Velhice"

Salvar artigos

Recurso exclusivo para assinantes

assine ou faça login

Mirian Goldenberg
Descrição de chapéu Corpo Todas fisiculturismo

Por que uma fisiculturista de 62 anos é xingada de velha ridícula?

As próprias mulheres ofendem, xingam e criticam os corpos de mulheres de mais idade

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

No início de 2024, recebi uma mensagem da fisiculturista Monica Bousquet me contando que recebeu vários comentários ofensivos, preconceituosos e agressivos depois de postar um vídeo no Instagram fazendo cardio na bike de biquíni. O que mais me chocou é que todos os comentários foram de mulheres.

"Velha toda murcha credooo."

"Vai se vestir veia!!!"

"Pra que isso? Tem que ser pelada?"

"Isso é para chamar atenção! Ter seguidor. E o pior é que consegue."

"Quer mostrar que está sarada. Mas infelizmente nunca terá o corpo de 20 anos."

"A velha está querendo competir com as jovens."

"Eu achava que estava magra. Mas essa daí está uma caveira kkkkkkkkkkkkkkkkkkk."

"Que horror, acha que está linda. Ridícula."

"Ela só quer mostrar as pelancas kkk."

"Vai se vestir velha. Está muito vulgar."

"Coitada, tá caduca."

"Ridícula. Não se enxerga. É só para aparecer mesmo."

A fisiculturista Monica Bousquet
A fisiculturista Monica Bousquet - Redes sociais/Redes sociais

"Pelo amor de Deus… coisa mais feia para uma senhora."

"Ridícula, totalmente ridícula, velha murcha."

"A barriga parece a sanfona do Caçulinha."

"Olha o corpo da velha. Só pelanca."

"Mas a cara não nega que tá velha. Essa mulher parece que tem 80 anos, está com o rosto muito envelhecido."

"Ridícula, está emporcalhando a nossa classe."

"Que apelação é essa?"

"Que pouca vergonha. O que uma senhora dessa idade está fazendo pelada?"

"Ridícula se vestir assim para treinar. Nota zero."

"Esqueceu da melancia pendurada no pescoço?"

"Você não tem espelho? Não se enxerga? Velha pelada é muito feio."

Seis meses depois, no início de junho, Monica me enviou os comentários que recebeu depois de postar um vídeo preparando uma bebida saudável na cozinha. Dessa vez, ela vestia um top e uma bermuda cor-de-rosa.

"Barriga de velha não tem jeito kkk cheia de pele sobrando. Aliás, pele sobrando pra todo lado kkk."

"Oiii passando para te falar que você é linda... Seu corpo tá muito bacana, mas se você fizer cirurgia no rosto e no pescoço vai ficar mais harmonioso, vai ficar top. Pense nisso. Seu rosto fala a sua idade. Espero que me entenda."

"Vovó debaixo dos seus glúteos tem muita pele sobrando, pelo amor de Deus senhora, isso não tá legal de se ver. Você já chegou numa idade que pode ter músculo, mas não adianta, a senhora tem muita pele sobrando."

"Piriguete da terceira idade é foda!"

A fisiculturista Monica Bousquet
A fisiculturista Monica Bousquet - Redes sociais/Redes sociais

Até os 54 anos, Monica tinha uma vida sedentária. Começou e parou a atividade física várias vezes durante a vida. Ela sempre foi uma mulher insatisfeita com o próprio corpo.

"Se você me encontrasse aos 54 anos e me falasse que eu seria fisiculturista aos 62 eu daria risada. Só mudei porque tive o diagnóstico de condromalácia grau IV nos dois joelhos. Em um primeiro momento tentei só remédio, fisioterapia e pilates, mas não melhorei. Para piorar, os sintomas da menopausa estavam gritando."

O médico disse que ela precisava fazer musculação.

"Pensei: ‘Eu quero viver muito e viver bem. Se não mudar a minha forma de viver, posso até viver muito, mas não vou ter qualidade de vida’. Não vi outro caminho."

Foi então que ela precisou escolher: viver com fortes dores nos joelhos ou mudar completamente seu estilo de vida.

"Sou casada há 24 anos, meu marido é um guerreiro por ter me aguentado. A libido estava no pé, o ânimo, o humor… Não contei isso para ninguém ainda: tive síndrome do pânico nesse período."

Com os treinos diários, Monica sentiu alívio nas dores dos joelhos, mais disposição para a vida e transformações em seu corpo.

"Minha busca inicial foi ter mais autonomia, mas não vou negar que também tinha objetivos com a estética do meu corpo. Minha primeira meta era voltar a usar blusa de alcinha que eu não usava mais porque eu sentia vergonha da flacidez do meu braço. Depois a meta foi usar biquíni de lacinho e daí por diante. Então um dia me olhei no espelho e falei: ‘Estou conseguindo!’"

Em 2023, Monica passou a fazer sucesso mostrando sua rotina de treinos nas redes sociais, onde tem quase três milhões de seguidoras. Aos 62 anos, está iniciando a carreira de fisiculturista, já tendo conquistado troféus em campeonatos regionais e nacionais.

Em tempos de tantas críticas, cobranças e patrulhas sobre o corpo feminino, inclusive das próprias mulheres, Monica prova que, em qualquer idade, podemos buscar nos tornar a melhor versão de nós mesmas.

Por que tantas mulheres não aceitam os corpos e as escolhas de outras mulheres que buscam envelhecer com mais liberdade, alegria e saúde física e emocional?

LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar sete acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.