Painel

Editado por Guilherme Seto (interino), espaço traz notícias e bastidores da política. Com Catarina Scortecci e Danielle Brant

Salvar artigos

Recurso exclusivo para assinantes

assine ou faça login

Painel
Descrição de chapéu Folhajus

Hacker preso por roubo de dados de 220 milhões de brasileiros também atuou em ação contra o TSE

Conhecido como VandaThegod, hacker foi preso preventivamente em Uberlândia (MG)

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

O hacker VandaThegod, preso na manhã desta sexta-feira (19) pela Polícia Federal, também é investigado pelo ataque hacker ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) nas eleições de 2020.

O hacker, cujo nome é Marcos Roberto Correia da Silva, teve a prisão preventiva decretada pelo ministro Alexandre de Moraes do STF (Supremo Tribunal Federal).

O motivo da prisão preventiva foi, justamente, o fato de Silva ter um histórico de ações hackers. Além da tentativa de invasão aos dados do TSE, ele também é investigado pela Polícia Civil de São Paulo em outro caso.

A investigação sobre o roubo de dados de mais de 200 milhões de brasileiros é conduzida pela DIP (Diretoria de Inteligência Policial) da PF.

O mesmo setor da PF também atuou na apuração sobre o TSE e a Operação Spoofing, que apurou o roubo das mensagens de Telegram de procuradores da Lava Jato e outras autoridades.

Ataque hacker roubou dados de 223 milhões de brasileiros
Ataque hacker roubou dados de 223 milhões de brasileiros - NICOLAS ASFOURI / AFP

LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.