Noma, um dos melhores restaurantes do mundo, reabre com lanche de R$ 100

Casa dinamarquesa havia fechado as portas em março por causa do avanço do coronavírus no país

São Paulo

O Noma, considerado um dos melhores restaurantes do mundo, reabriu suas portas na quinta-feira (21) —mas mudado, na forma de um bar ao ar livre, substituindo suas refeições por hambúrgueres que custam a partir de 125 coroas dinamarquesas (cerca de R$ 100).

Com duas estrelas Michelin, a casa geralmente geralmente exige reservas pré-pagas feitas com meses de antecedência. Fechado desde março por causa da pandemia do novo coronavírus, o local se valeu da diminuição das restrições e do isolamento na Dinamarca para reabrir reconfigurado.

Hambúrguer do restaurante Noma
Hambúrguer do restaurante Noma, que reabriu como bar ao ar livre - Reprodução

São dois os lanches servidos, o Noma Cheeseburger e uma versão vegetariana, servidos das 13h às 21h, de quinta a domingo. No total, há espaço para 65 pessoas no jardim.

De acordo com o anúncio oficial do local, o bar ao ar livre montado nos jardins do restaurante não trabalha com o modelo de reservas. Ainda não há data para reabertura do restaurante com seu funcionamento regular.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.