Cidade de São Paulo tem o mês de fevereiro mais seco desde 2005

Média das temperaturas máximas também ficou abaixo do esperado

Alagamento diante de carros parados na região central de SP
Motoristas ficam presos em alagamento no corredor norte-sul, na região central de São Paulo - Fábio Vieira - 26.fev.2018/FotoRua/Folhapress
São Paulo

O sol forte e os temporais nos finais de tarde, típicos do verão, deram lugar ao céu mais nublado e a chuvas mais esparsas no mês de fevereiro. Com isso, o mês termina nesta quarta (28) como o mais seco desde 2005 e com a menor média de temperaturas máximas desde 2004. 

Segundo dados do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), o acumulado de chuva de fevereiro foi de 102,2 mm (milímetros), o que corresponde a apenas 43% da média histórica esperada para o mês, de 235,9 mm. Foram apenas oito dias de precipitações, sendo que 70% do total ocorreu na última segunda (26). 

Considerando a série histórica do instituto, de 75 anos, esse foi o terceiro fevereiro mais seco da história, atrás apenas dos índices de 1984, quando choveu apenas 32,5 mm, e de 2005, quando o acumulado chegou a 99,9 mm. O fevereiro mais chuvoso da história foi o de 1995, quando o índice alcançou 445,5 mm. 

Segundo Neide Oliveira, do Inmet, essa condição de menos chuva não é rara em fevereiro. “O sistema de convergência de umidade que vem do Norte deve ter se posicionado mais sobre Minas e Rio e só a borda ficou aqui em São Paulo”, afirma. “A sensação foi de mês chuvoso, mas foram mais dias nublados do que chuva propriamente dito.” 

Oliveira afirma que essa mudança contribuiu também para a alteração das temperaturas. Enquanto as mínimas tiveram média de 18,9°C –muito próxima da média história de 19°C–, as máximas tiveram média de 27,5°C, inferior à média histórica de 28,3°C e a menor registrada na cidade desde 2004. 

A maior temperatura deste mês foi de 32,8°C, no dia 9, enquanto a menor foi de 16,7°C, registrada no dia 4. 

A previsão aponta o início de março de sol e temperaturas elevadas na capital paulista. Nesta quinta (1º), os termômetros podem chegar aos 32°C e são esperadas chuvas à tarde. Já na sexta (2), as nuvens voltam a predominar, mas o tempo continuará abafado. A máxima deve chegar aos 30°C.  

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.