Descrição de chapéu saúde

Governo vai ampliar vacina da febre amarela para todo o país

Imunização será gradual e deve abranger 77,5 milhões de pessoas

São Paulo

A área de recomendação para a vacina da febre amarela agora estende-se para todo o território nacional. O anúncio foi feito nesta terça-feira (20) pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Segundo o ministro, a ampliação da vacina será gradual, com duração de um ano —​a conclusão está programada para abril de 2019. A medida é preventiva, para imunizar a população em caso de um aumento da área de circulação do vírus.

A pasta informa que serão 77,5 milhões de pessoas vacinadas em todo o país, justamente a estimativa de não vacinados nas novas áreas. Parte do Nordeste, Sul e Sudeste ainda não estavam nas áreas de vacinação.

SP, RJ e BA são os primeiros estados a estenderem a vacinação a todos os seus municípios. A expectativa é que até abril de 2019, 1.586 municípios estejam incluídos como áreas com recomendação de vacina, atingindo 100% do território nacional.

Em julho, os três estados do Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) iniciam a vacinação em todos os seus municípios. Em janeiro de 2019, ela é estendida aos estados do Nordeste (Piauí, Paraíba, Pernambuco, Ceará, Alagoas, Sergipe e Rio Grande do Norte). Maranhão não será contemplado por já ser previamente área de recomendação da vacina.

O ministério informa que desde janeiro de 2017 até o momento já foram enviadas 68,9 milhões de doses a todas as unidades da federação, das quais 23,8 milhões foram neste ano.

Fracionamento

As doses fracionadas da vacina —mais fracas, para permitir uma oferta maior de doses— seguirão sendo aplicadas apenas nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia, os mesmos em que a ampliação já será estendida a todas as cidades. O plano do ministério é vacinar 40,9 milhões de pessoas somados esses três estados.

No restante do Nordeste e no Sul, a população será imunizada com a dose padrão. A extensão da vacinação pretende vacinar 11,3 milhões de pessoas no Sul e 25,3 milhões no Nordeste.

O Ministério da Saúde solicitou ao laboratório produtor da vacina de febre amarela, Bio-Manguinhos/Fiocruz, um aumento de doses para a rotina de vacinação de 2019.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.