Descrição de chapéu Agora

Tentativa de assalto em ônibus termina com 3 mortos e 3 feridos em SP

PM à paisana reagiu e acabou morto em tiroteio; um criminoso também morreu

Imagem de ônibus em que ocorreu tentativa de roubo, seguida de tiroteio no Jabaquara (zona sul)
Imagem de ônibus em que ocorreu tentativa de roubo, seguida de tiroteio no Jabaquara (zona sul) - TV Globo/ Reprodução
São Paulo | Agora

​​Uma tentativa de arrastão contra passageiros de um ônibus terminou com três pessoas mortas e outras três feridas na tarde desta quinta-feira (19), na região do Jabaquara, zona sul de São Paulo. Os mortos seriam um criminoso, um policial militar e uma pessoa ainda não identificada. 

A polícia chegou a informar mais cedo que seriam dois mortos e cinco feridos, mas atualizou a informação durante a noite. 

O crime aconteceu por volta das 16h, dentro de um ônibus da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo) que passava pela av. Eng. Armando de Arruda Pereira. 

Segundo a polícia, três suspeitos invadiram o coletivo e anunciaram o assalto. Um passageiro e o policial, que estava de folga, teriam reagido, dando início a uma troca de tiros entre o cabo Elton Ricardo Cunha, 38 anos e os bandidos.

O PM foi baleado na cabeça. Ele foi socorrido ao Hospital Arthur Ribeiro de Saboya, mas não resistiu. Um suspeito, não identificado, morreu no ônibus. Uma outra pessoa, que também não foi identificada, foi levada ao hospital, mas também morreu, segundo a Secretaria Municipal da Saúde.

“Dois [criminosos] pularam a catraca e um veio em minha direção pedindo para eu entregar o celular", afirmou um vigia de 22 anos que estava no ônibus. Outro suspeito pediu a bolsa a uma mulher, que não queria entregar.

O PM teria tentado imobilizar o criminoso, que estava de costas. “Aí o bandido se virou atirando e o policial também começou a atirar”, disse o vigia, que foi ferido com um tiro de raspão no antebraço direito. Além do criminoso, ele diz ter visto outro homem inconsciente e com a cabeça sangrando.

Uma mulher, que falava com a irmã ao telefone, foi ferida. Segundo a familiar, ela levou um tiro de raspão no abdômen, quebrou a clavícula e teve o pulmão perfurado. Ela está internada no Saboya. O motorista do coletivo também se feriu com estilhaços de vidro.

No final da noite, a polícia levou dois suspeitos para a delegacia, mas não havia confirmado a participação deles no assalto até o fim da noite desta quinta.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.