Homem é preso após roubo em shopping com oração para ser 'invisível'

Ele foi detido em flagrante por policiais à paisana no Tietê Plaza Shopping

São Paulo

Na carteira, Felipe Queiroz Soares, 26, levava uma oração na qual pedia para Santo Antônio “deixá-lo invisível contra os inimigos”. Junto, no bolso, fotos de parentes de funcionários do Tietê Plaza Shopping, na marginal Tietê, em São Paulo.

Assim ele foi assaltar uma joalheria dentro do estabelecimento na noite desta quinta-feira (14). Na fuga, pelas escadas de incêndio, foi surpreendido por policiais civis à paisana, que já o investigavam e o prenderam em flagrante.

Fachada do Tietê Plaza Shopping, na marginal Tietê em São Paulo (SP) - Léo Burgos - 27.ago.2016/Folhapress

As fotos que carregava "serviram para ameaçar as vítimas. [Ele] afirmava saber onde encontrá-los e assim promover violência caso não houvesse colaboração durante o roubo”, segundo o delegado da 2ª Delegacia de Investigações sobre Crimes de Intervenção Estratégicas, Fabio Sandrim.

Segundo os agentes, ele saiu levando jóias avaliadas em R$ 450 mil, estava armado com uma pistola e houve troca de tiros nas escadas. Atingido na perna, Felipe foi levado ao Hospital de Taipas, em Pirituba.

Ele não foi abordado enquanto cometia o crime para evitar pânico no shopping, afirmou Sandrim. "Nosso objetivo foi não colocar em risco a segurança dos consumidores que circulavam pelo local.” 

Preso, ele responderá por roubo e resistência, de acordo com o delegado. O Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) investiga agora a possibilidade de mais criminosos estarem envolvidos no roubo à joalheria.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.