Repórter Fernanda Mena passa a assinar coluna em Cotidiano

Especialista em direitos humanos abordará temas sensíveis do debate contemporâneo

São Paulo

Fernanda Mena, repórter associada da Folha, passa a assinar uma coluna online em Cotidiano às terças-feiras. 

Nos textos, assim como tem feito ao longo de sua carreira, a jornalista paulistana de 41 anos não irá se ater a um único assunto, relacionando áreas distintas da cobertura jornalística ao abordar temas sensíveis do debate contemporâneo, como segurança, desigualdade, direitos humanos, meio ambiente e comportamento.

Retrato da repórter Fernanda Mena
Fernanda Mena, repórter associada da Folha de S.Paulo. Foto:Isabella Faria/Folhapress - Isabella Faria - 20.jul.18/Folhapress

Na Folha, Fernanda foi editora do caderno Ilustrada e do suplemento semanal jovem Folhateen, além de repórter de educação do caderno Cotidiano. Foi também repórter da revista piauí e produtora e editora do programa Fantástico, da TV Globo. Por sua atuação profissional, recebeu os prêmios Ayrton Senna e Folha, e mais o título de Jornalista Amiga da Criança.

Formada em comunicação social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Fernanda é mestre em sociologia e direitos humanos pela London School of Economics and Political Sciences (LSE) e doutoranda do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo (IRI-USP).

É autora de “Narcophobia: Drug prohibition and the generation of human rights violations”, estudo publicado na revista acadêmica norte-americana Trends in Organized Crime, e assina capítulo do livro “Bala Perdida: Violência Policial no Brasil e os Desafios Para Sua Superação” (Boitempo Editorial), baseado em reportagem sua publicada no caderno Ilustríssima, em 2015.

 
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.