Moradores de rua contam suas histórias nas calçadas de São Paulo

Durante uma semana, a reportagem da Folha ouviu histórias de quem vive nas ruas da capital

Pessoas em situação de rua  na região central de São Paulo conversam com repórteres para relatar como é levar a vida nessas condições
Pessoas em situação de rua na região central de São Paulo conversam com repórteres para relatar como é levar a vida nessas condições - Karime Xavier / Folhapress

A paisagem de São Paulo esconde vários sujeitos enrolados em cobertores, debaixo de casas improvisadas com pedaços de madeira, plásticos ou papelão. Os pedestres que passam por eles, acelerados, não prestam atenção. Só notam o volume na calçada se atrapalha o tráfego. 

O número de pessoas em situação de rua na capital paulista cresceu 25% nos últimos três anos, de acordo com a estimativa da prefeitura municipal.

O levantamento anterior, publicado em 2015, apontava 15,9 mil pessoas vivendo nas ruas. Hoje, calcula-se que o número chegue a 20 mil. Por isso, o próximo censo, previsto para 2020, foi antecipado para o ano que vem.

Durante uma semana, a reportagem percorreu diversos pontos da cidade para ouvir as histórias de algumas dessas pessoas invisíveis. Confira aqui a edição especial produzida pela equipe do 62º Programa de Treinamento em Jornalismo Diário da Folha.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.