Quedas de pedras e árvores interditam trechos de estrada do litoral em SP

Rodovia dos Tamoios registrou 20 pontos de deslizamentos de terra nas últimas horas

Deslizamento de terra e árvores interditam trecho da rodovia dos Tamoios nesta quinta (8)

Deslizamento de terra e árvores interditam trecho da rodovia dos Tamoios nesta quinta (8) Divulgação

São Paulo

Ocorrências de deslizamento de terra, árvores e pedras interditam parte da rodovia dos Tamoios, que liga a capital paulista ao litoral norte. Os transtornos foram causados pela incidência de chuvas que não param de cair em grande parte do estado.

A rodovia dos Tamoios registrou 20 pontos de deslizamento entre a noite desta quarta (7) e a madrugada desta quinta-feira (8) no trecho de serra que vai do km 69 ao km 80. Segundo a concessionária que administra a rodovia, não há prazo de liberação do trecho afetado. 

Para evitar a aproximação de motoristas nos pontos de deslizamento, a Tamoios mantém bloqueios no km 58 (no retorno de acesso à rodovia SP-088) e no km 67 (acesso ao bairro Pouso Alto), ambos no sentido litoral. Já em direção à cidade de São José dos Campos (SP), o bloqueio ocorre no km 81, em frente à base da Polícia Militar Rodoviária.

Enquanto o trecho estiver interditado, os usuários têm como opção a rodovia Mogi-Bertioga e a SP-088 (com acesso no km 55 da Tamoios —de Salesópolis a Mogi das Cruzes, com acesso à Mogi-Bertioga).

Outra estrada interditada após queda de barreiras foi a Oswaldo Cruz. Segundo o DER (Departamento de Estradas de Rodagem), múltiplos deslizamentos de terra registrados na madrugada desta quinta interditaram a rodovia do km 71 ao km 86, também no trecho de serra.

O departamento diz que usou maquinários para retirar grande volume de terra e árvores que ocuparam os dois sentidos da pista. Após o fim dos trabalhos, a rodovia foi liberada, por volta das 14h20.

CHUVA E CARA DE INVERNO

A quinta será chuvosa e terá cara de inverno na Grande São Paulo, segundo a Climatempo. O dia promete muita umidade e temperaturas baixas.

A temperatura fica perto dos 19°C, porém o vento deve aumentar a sensação de frio para quem está nas ruas. Assim como a Grande São Paulo, o litoral permanece com o céu encoberto e a chuva será frequente.

A região recebe diretamente o vento frio e úmido do oceano. Os volumes já foram elevados nas últimas 24 horas e nesta quinta, há risco de chuva forte especialmente no litoral norte paulista.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.