Região do Campo de Marte tem histórico de acidentes aéreos em SP

Nesta sexta (30), acidente aéreo na zona norte de SP deixou ao menos dois mortos

Ricardo Hiar
São Paulo

A zona norte de São Paulo, região onde está localizado o Campo de Marte, tem em seu histórico o registro de ao menos outros seis acidentes graves desde a década de 1980. Nesta sexta-feira, (30) uma aeronave caiu no bairro da Casa Verde e causou a morte de ao menos duas pessoas.

Em outro episódio recente, ocorrido no final de julho de 2018, uma aeronave que saíra de Santa Catarina caiu na pista do aeroporto em São Paulo. O piloto morreu, e seis outras pessoas ficaram feridas.

Em 2016, um avião monomotor caiu em cima de uma casa, na rua Frei Machado, no Jardim São Bento, também na zona norte da capital. Os sete ocupantes da aeronave morreram, entre eles, o ex-presidente da Vale Roger Agnelli. A aeronave estava cheia de combustível e explodiu ao bater na casa após decolar rumo ao Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

Outra grande tragédia no aeroporto aconteceu em novembro de 2007, quando um jato Learjet que havia acabado de decolar em direção ao Rio perdeu altitude e caiu em cima de casas na rua Bernardino de Sena, no bairro da Casa Verde. Estavam a bordo da aeronave o piloto e copiloto, que morreram no local. Seis pessoas que moravam na rua do acidente, entre elas um bebê, também morreram.

Em novembro de 1995, um avião Cessna caiu sobre dois carros e explodiu na avenida Santos Dumont, na zona norte. O motor da aeronave, que tinha como destino Sorocaba (99 km de SP), parou de funcionar logo após a decolagem.

O bairro Carandiru também já foi alvo de acidente envolvendo aviões. Um bimotor de uma empresa de taxi-aéreo caiu sobre três casas na rua Genésio Pereira em janeiro de 1984. Além dos seis ocupantes do avião, também morreu um pedreiro que trabalhava num imóvel na região. Outros três moradores ficaram com ferimentos graves.

O Campo de Marte, que opera com aviação geral, executiva e escolas de pilotagem, também já registrou vários acidentes envolvendo helicópteros. Um das graves ocorrências aconteceu em outubro de 2003, quando durante um voo de treinamento a aeronave caiu e explodiu deixando uma pessoa morte e uma ferida.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.