Chegada e saída da Grande SP por rodovias aumenta 20% em dez anos

Bandeirantes é principal caminho à Grande São Paulo; Castello é segunda

Fabrício Lobel
São Paulo

A chegada e saída de veículos na Grande SP pelas estradas aumentou 20%, entre 2007 e 2017. O dado é mais uma contribuição da nova pesquisa Origem Destino do Metrô (OD), divulgada nesta quarta-feira (12).

A pesquisa mostra uma maior relação da Grande São Paulo com o seu entorno. A principal origem desses veículos são a região de Campinas e Jundiaí.

Por isso, a rodovia dos Bandeirantes lidera o fluxo de veículos entre a Grande SP e o seu redor, com 118 mil viagens nos dois sentidos. Cerca de 80% desse volume é de veículos de passeio, na comparação com veículos de carga.

Na rodovia Anhanguera, que também conecta as regiões de Campinas e Jundiaí a São Paulo, passam 41 mil veículos por dia. A rodovia, porém, foi a única entre as de grande movimento em São Paulo a perderem importância na chegada e saída de veículos na Grande SP, saindo de 46 mil veículos por dia para 41 mil.

A segunda rodovia que mais traz veículos a São Paulo é a Castello Branco, por onde circulam 69 mil veículos por dia (73% deles, carros de passeio), nos dois sentidos. A Castello conecta a região de Sorocaba à São Paulo.

 

Em terceiro lugar, fica a rodovia dos Imigrantes, que conecta o litoral paulista à capital, com 54 mil viagens.

A rodovia “irmã” da Imigrantes, a Anchieta, transporta diariamente 22 mil veículos. O destaque para a Anchieta é de que 64% de seu tráfego é de veículos de carga, muitos com origem ou destino o porto de Santos.

A pesquisa OD ouviu 156 mil pessoas, com entrevistas presenciais em 32 mil domicílios escolhidos aleatoriamente, mas que contemplam a diversidade da Grande SP. Os entrevistadores questionavam aos moradores como eles haviam se deslocado no dia anterior.

Para entender o fluxo nas rodovias, parte da OD fez contagem de veículos e também entrevista com motoristas e passageiros que trafegavam em todas as estradas com destino à Grande SP. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.