Descrição de chapéu Tragédia em Brumadinho

Inhotim fecha as portas e não tem previsão de reabertura

80% dos funcionários do Instituto têm familiares envolvidos na tragédia

São Paulo

O Inhotim divulgou nesta quarta-feira que irá adiar sua reabertura, que estava marcada para sexta-feira (1º). O museu a céu aberto não informou quando voltará a funcionar. O museu fechou para visitação na sexta-feira (25) após o rompimento da barragem em Brumadinho

"A data de reabertura será comunicada assim que o Instituto avaliar o momento propício para abrir as portas novamente aos visitantes", informou em nota.

De acordo com o Instituto, dos cerca de 600 funcionários que emprega, 80% moram na região. Desses, 41 têm familiares diretos desaparecidos ou com óbito declarado, e os demais procuram por amigos e pessoas conhecidas.

Instituto organizou um comitê de crise, que tem como objetivo entender os impactos do desastre e traçar medidas para minimizar danos.

Até a tarde desta quarta-feira (30), 99 corpos haviam sido encontrados. Desses, 57 já foram identificados, segundo o Corpo de Bombeiros de Minas. No total foram localizadas 393 pessoas, mas ainda há 259 desaparecidos, segundo a Defesa Civil de Minas Gerais.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.