Descrição de chapéu Tragédia em Brumadinho

Bombeiros encontram almoxarifado da Vale em Brumadinho; um corpo já foi achado

Número de mortos subiu para 179 nesta quinta-feira (21); equipes passaram a utilizar drones

Belo Horizonte

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais anunciou nesta quinta-feira (21) que localizou a área onde ficava um almoxarifado da Vale, na região da mina de Córrego do Feijão, em Brumadinho. O local foi atingido pelo rompimento de barragens de rejeitos no dia 25 de janeiro. De acordo com o comunicado, há indícios de corpos sob a estrutura.

Segundo o porta-voz da corporação, tenente Pedro Aihara, um corpo foi resgatado no local e levado para identificação no Instituto Médico Legal (IML). 
 

O local foi encontrado por cruzamento de dados conforme localizações georreferenciadas e indicações do terreno.

Também nesta quinta, o número de mortos divulgado pela Defesa Civil do estado subiu para 179. Os cinco óbitos atualizados tiveram a identificação divulgada hoje pela Polícia Civil, mas foram resgatados em outros dias de busca. Segundo o boletim, 134 pessoas permanecem desaparecidas. 

A partir de hoje, no vigésimo sexto dia de buscas, as equipes passaram a utilizar drones para apoiar a operação. Com câmeras termais, eles permitem a visualização de pessoas, animais e objetos com mais precisão, de acordo com os bombeiros. 

As equipes também tiveram auxílio de três cães treinados. “Os cães de busca são um recurso excepcional. Conseguimos através deles excluir áreas de busca e identificar outras pontuais, para escavações”, disse em comunicado o tenente-coronel Anderson Passos.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.