Com medo de ataques, faculdades do interior de SP cancelam aulas

Boatos se espalharam por redes sociais apontam para uma ação orquestrada

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Ribeirão Preto

Uma série de boatos de ataques a faculdades de Franca (a 400 km de São Paulo) fez duas instituições suspenderem as aulas nesta sexta-feira (22).

A propagação em redes sociais de uma suposta ameaça indiscriminada a todos assustou pais e alunos e rapidamente se propagou, sendo o estopim para a suspensão das aulas.

A FDF (Faculdade de Direito de Franca) e a Unifacef (Centro Universitário Municipal de Franca), ambas autarquias municipais, também cancelaram todas as atividades administrativas.

“Por determinação da Reitoria, as aulas e as atividades administrativas [...] estão suspensas por motivo de segurança de estudantes, professores, funcionários e demais pessoas que frequentam regularmente o Unifacef”, diz trecho do comunicado da instituição de ensino.

As postagens compartilhadas em redes sociais, com erros de português e gírias, apontam para uma ação orquestrada por um grupo, não identificado.

“Eu e meu amigos ta planejando um ataque la viu e o bixo vai pegar amanha [hoje, sexta]”, diz trecho do texto. Nas postagens, os supostos autores do ataque se referem à FDF como “brejão”, em alusão à região da cidade em que está localizada.

0
Print de conversa circula em redes sociais com suposta ameaça de atentado - Reprodução

O comunicado de suspensão das atividades foi feito pelas instituições ainda durante a madrugada desta sexta. Não está definido se as aulas voltarão normalmente na segunda-feira (25).

A suposta ameaça está sendo investigada pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Franca. 

No último dia 13, uma escola pública em Suzano (SP) foi palco de um massacre que deixou oito pessoas mortas, além dos dois autores do atentado.

Segundo investigadores da DIG, diligências feitas nesta sexta-feira mostraram que as informações divulgadas sobre o ataque eram falsas e não diziam respeito à cidade.

A mensagem, de acordo com a investigação, já circulou em outra cidade no início da semana com o mesmo teor.

O Unifacef, em novo comunicado, informou que as atividades previstas para este sábado (23) estão mantidas.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.