Covas se afasta da Prefeitura de SP durante uma semana por motivos pessoais

Eduardo Tuma, presidente da Câmara, assume o cargo até o dia 15 deste mês

São Paulo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), informou nesta sexta (8) que estará de licença do cargo por uma semana, até o próximo dia 15. 

Segundo a prefeitura, a licença não remunerada acontece por motivos pessoais.

Enquanto Covas não volta, o presidente da Câmara, Eduardo Tuma (PSDB), assume o cargo.

Líder da comunidade evangélica e autor de projetos associados ao grupo, como a Escola Sem Partido e a isenção de taxas administrativas para igrejas, Tuma foi eleito presidente da Câmara em dezembro. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.