Agentes acham 84 celulares em fundo falso de freezer dentro de presídio no MT

Secretaria de Segurança Pública do estado diz que já identificou detento que receberia os aparelhos

Pablo Rodrigo
Cuiabá

Agentes penitenciários apreenderam um freezer que escondia num fundo falso 84 aparelhos celulares, além de carregadores e fones de ouvidos, na Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá.

Celulares apreendidos dentro de freezer em penitenciária em Cuiabá
Celulares apreendidos dentro de freezer em penitenciária em Cuiabá - Divulgação

O caso ocorreu nesta quinta-feira (6) após um homem ainda não identificado ter levado o freezer para o presídio afirmando que era uma encomenda. 

Na administração da penitenciária, os agentes solicitaram a nota fiscal do eletrodoméstico, praxe da unidade prisional. O entregador, no entanto, disse não ter o documento e foi embora.

Os agentes dizem ter acreditado que a encomenda fosse para a Associação dos Servidores Penitenciários. Mas, ao fazer a revista do freezer, encontraram os celulares escondidos.

Procurada, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) afirmou que já identificou o detento que receberia o freezer. Segundo a Sesp foram os familiares do preso que compraram o eletrodoméstico para substituir o anterior que teria estragado.

Segundo a secretaria, é permitida a entrada de um freezer ou geladeira por raio ou cela (no caso de raios com celas individuais), nas unidades prisionais do estado. 

A direção da unidade penitenciária registrou Boletim de Ocorrência e abrirá um Processo Administrativo Disciplinar contra o preso para descobrir se a encomenda seria de alguma organização criminosa.

As imagens do circuito interno de segurança foram repassadas à Gerência de Combate ao Crime Organizado, da Polícia Judiciária Civil, para iniciar as investigações.
 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.