Após assalto, homem armado faz refém e provoca pânico no Metrô do Rio

Cercado por policiais, suspeito se entregou e ninguém ficou ferido em estação de Copacabana

Homem armado faz refém e provoca pânico no Metrô do Rio
Homem armado faz refém e provoca pânico no Metrô do Rio - Reprodução/Twitter
Cristina Camargo
São Paulo

Um homem suspeito de assaltar uma loja em Copacabana, zona sul do Rio, na noite de sexta-feira (31) foi perseguido por policiais militares e causou pânico e correria ao entrar na estação Cardeal Arcoverde do Metrô por volta das 19h30 e manter uma pessoa refém na plataforma. 

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra a vítima deitada no chão da plataforma e o suspeito armado gritanto repetidas vezes para os policiais subirem para o andar superior da estação. Ele dizia que, caso os policiais subissem, ele se entregaria.

Dentro do vagão do metrô, os passageiros aparecem no vídeo deitados no chão e em pânico com a situação. 

"Abaixa, abaixa", dizem uns para os outros. "Ele está apontando a arma para cá", avisa uma das pessoas. Os passageiros também pedem para a porta do vagão ser fechada e para o trem sair da estação. "Vai meu filho, vai maquinista", grita uma mulher.

Segundo a Polícia Militar, após o pânico a situação foi controlada, o acusado foi preso e a vítima não sofreu ferimentos. Com o ladrão foram encontradas um revólver calibre 38, munições e R$ 996,50.

O caso foi registrado no 12º DP de Copacabana.

Na terça-feira (28), outra estação de metrô do Rio foi cenário da violência urbana. Uma série de assaltos foi registrada na estação Uruguai, na Tijuca, zona norte. Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram três pessoas sendo roubadas. O suspeito da série de roubos foi preso nesta sexta-feira pela polícia.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.