Explosão em barco no interior do Acre deixa 18 pessoas feridas

Embarcação transportava tambores de combustível; 14 vítimas estão em estado grave

São Paulo | Com UOL

Um barco que transportava tambores de combustível no rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre, explodiu por volta das 17h30 de sexta-feira (7). Dezoito pessoas ficaram feridas, entre elas pelo menos três mulheres e duas crianças —de nove meses e um ano de idade. 

Os bombeiros eliminaram os focos de incêndio em uma operação que durou cerca de duas horas. O barco, que ia do município de Porto Walter a Marechal Thaumaturgo, estava ancorado para abastecimento.

Barco com tambores de combustível explodiu no rio Juruá, no Acre
Barco com tambores de combustível explodiu no rio Juruá, no Acre - Divulgação/Corpo de Bombeiros do Acre

Os feridos foram encaminhados ao Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul. Sete pacientes foram entubados e levados ao centro cirúrgico, onde foram aplicados curativos e foram transferidos para a UTI.

"Desses sete, um já foi transferido para Rio Branco. Os outro seis permanecem em estado gravíssimo, com 80% a  90% do corpo com queimaduras de primeiro, segundo e terceiro graus", disse ao UOL o diretor clínico do hospital, Marlon Holanda.

"Há outros sete pacientes também com queimaduras graves, em menor proporção. Entre 30% a 40% do corpo com queimaduras."

No sábado (8), o bebê foi transferido da UTI do Juruá para a UTI do Hospital da Criança. No domingo (9), o governador do Acre, Gladson Cameli, fez uma visita à criança, que tem 90% do corpo atingido por queimaduras de primeiro, segundo e terceiro graus.

O subcomandante-geral dos bombeiros, coronel Velasquez, afirmou que a Marinha será notificada para que a fiscalização na região seja intensificada, evitando que esse tipo de ocorrência aconteça novamente.

A Polícia Civil começou as investigações, com o apoio do Corpo de Bombeiros, que realizou mergulhos no local em busca de mortos. Nenhum corpo foi encontrado.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.