Empresa oferece recompensa de R$ 150 mil por pistas de ouro roubado

Assalto de cerca de 720 quilos de ouro aconteceu em terminal de cargas do aeroporto de Guarulhos

Rogério Pagnan
São Paulo

Uma empresa ligada a seguradoras está oferecendo R$ 150 mil de recompensa a quem fornecer pistas que levem ao bando que levou cerca de 720 quilos de ouro de um terminal de cargas no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, na tarde desta quinta-feira (25).

A polícia ainda segue na busca pela quadrilha, que promoveu o assalto disfarçada de policiais federais, usando armamento pesado e viaturas da PF clonadas. Os carros, que não tinham registro de roubo, foram abandonados em um terreno na zona leste da capital paulista. 

Nenhum tiro foi disparado durante a ação, que durou cerca de dois minutos e meio. Ainda não foi divulgado a quem pertencia a carga.

Os bandidos fugiram com o ouro em 31 malotes que, originalmente, seguiriam para os EUA e o Canadá. Eles também abandonaram as duas caminhonetes brancas usadas na fuga.

Segundo o consultor José Gonçalves Neto, da Lowers & Associate International, empresa de gerenciamento que representa um grupo de resseguradoras, a recompensa será dada por "informações seguras que levem à apreensão do ouro e identificação dos criminosos”.

"Estou autorizado a declarar oficialmente que haverá uma recompensa de R$ 150 mil a quem, do povo, contribuir com informações seguras e efetivas que levem a apreensão do ouro roubado e a autoria do crime investigado", afirmou ele na manhã desta sexta (26) na sede do Deic, departamento responsável pela investigação do assalto.

Os detalhes do pagamento dessa recompensa, incluindo os telefones que serão disponibilizados para as denúncias, devem ser fornecidos ainda na tarde desta sexta (26).

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.