SP tem segundo dia mais frio do ano, mas temperaturas devem subir

Inmet registrou 7,2°C no Mirante de Santana, na zona norte de São Paulo

São Paulo

A cidade de São Paulo registrou nas primeiras horas desta segunda-feira (8) sua segunda temperatura mais baixa em 2019. Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), o termômetro no Mirante de Santana, na zona norte, registrou 7,2°C. 

Termômetros da prefeitura, porém, registraram frio ainda mais intenso: 3,93°C, em Marsilac, na zona sul, segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências). 

 

No domingo, o mais frio dos últimos dias, o bairro de Marsilac teve mínima de -0,2°C, segundo o CGE. 

Mas a atual onda de frio está se dissipando lentamente, segundo meteorologistas. Nesta terça e quarta-feira, as temperaturas mínimas serão de 8°C. Na quinta e na sexta-feira, as mínimas serão de 10°C.

A massa de baixa pressão que estava segurando o ar frio sobre São Paulo está se deslocando para o oceano, o que deve possibilitar o aumento da temperatura. No interior de São Paulo e no Sul do país, os termômetros sobem mais rápido. 

No estado de São Paulo, há possibilidade de geada até o fim da semana na Serra da Mantiqueira e em Itapeva.

Ao menos três moradores de rua morreram durante a forte onda de frio na cidade. As mortes foram registradas em Itaquera, na zona leste, Barra-Funda, na zona oeste, e Canindé, no centro.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.