Descrição de chapéu Obituário Gleizer Siqueira Pimentel (1954 - 2019)

Mortes: Geriatra, exerceu a medicina por amor ao próximo

Gleizer Siqueira Pimentel foi secretário Municipal de Saúde de Barra Mansa

Patrícia Pasquini
São Paulo

O encanto pela medicina surgiu ao ver o pai —farmacêutico— curar as pessoas. Como trabalhava com ele, amadureceu o desejo de aprimorar o dom e tornou-se médico geriatra.

“Meu pai foi um médico diferenciado. Ele curava com amor”, diz o filho, o dentista Eduardo Pimentel, 37. 

Foram 40 anos de medicina. Gleizer Siqueira Pimentel atendia dentro e fora do hospital. Ele ia à casa dos idosos e não cobrava consulta daqueles que não podiam pagar.

Médico Gleizer Siqueira Pimentel
Médico Gleizer Siqueira Pimentel - Arquivo pessoal

“Se ele se deparasse com algum acidente na estrada, parava para socorrer as vítimas. Às vezes, tirava a camisa para realizar os curativos e levava as pessoas ao hospital no próprio carro”, conta o filho.

Para ele, a opção pela medicina significava doar seu tempo aos outros. Também dizia com frequência que o importante é o amor e o que fazemos de bom.

Pimentel foi secretário Municipal de Saúde de Barra Mansa, no sul do Rio de Janeiro (1988), onde nasceu, Em 1992, foi eleito vereador.

Cumpriu um mandato e desistiu da carreira política por ser contra a reeleição. 

No dia a dia era bondoso, solidário, espirituoso, engraçado e repudiava o preconceito. “Era desapegado de sentimentos fúteis. Ele pregava a igualdade, independentemente de cor, raça e classe social.”

Em 1977, foi convidado a dar aulas na Universidade Federal de Alfenas e fixou residência na cidade do interior de Minas. Atualmente, trabalhava como geriatra na Santa Casa de Alfenas.

O Flamengo e o samba estavam entre as coisas de que mais gostava na vida. Religioso, 
era devoto de Nossa Senhora e ia à missa diariamente.

Gleizer Siqueira Pimentel morreu após sofrer parada cardíaca, no dia 13 de setembro, aos 65 anos. Deixa esposa, três filhos e três netas.

coluna.obituario@grupofolha.com.br

Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missas

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.