Descrição de chapéu Obituário Ana Paula Freire Borges (1985 - 2019)

Mortes: Jornalista, pautou a vida pela compaixão

Ana Paula Freire Borges estava grávida de gêmeos

Patrícia Pasquini
São Paulo

O sonho que muitos estudantes de jornalismo almejam —de entrar para a grande imprensa—, Ana Paula Freire Borges conseguiu alcançar.

Com muito esforço e após formada, atuou em vários veículos de comunicação nos municípios de Bauru (329 km de SP) —cidade onde nasceu— e Ibitinga (347 km de SP). 

Atualmente, era produtora da TV TEM de Bauru, afiliada da TV Globo na cidade.

A irmã, a professora Silvana Somensi de Amorim, 46, conta que Borges era apaixonada pela profissão e não se via trabalhando com outra atividade.

Jornalista Ana Paula Freire Borges
Jornalista Ana Paula Freire Borges - Arquivo pessoal

Perspicaz na profissão, a ingenuidade comparada a de uma criança contrastava com o que o jornalismo exigia. “Ela acreditava nas pessoas e não via maldade no outro. Minha irmã foi embora cedo porque era especial”, relata Amorim.

Uma história envolvendo o roubo de uma leitoa marcou a sua carreira por, na época, ter viralizado e sido comentada pelo colunista José Simão.

Na ocasião, ficou sensibilizada ao ver a situação da família em questão e liderou uma vaquinha entre os amigos para comprar outra leitoa.

Fora o profissional, ela estava perto de realizar o segundo sonho, de ser mãe.

Atualmente, Borges dividia o seu tempo entre a profissão, a atenção que dispensava à família e aos amigos, além dos preparativos para o nascimento de gêmeos —estava grávida de quatro meses— e da nova casa. 

O casamento estava programado para logo após o nascimento dos bebês. “Ela estava na melhor fase da vida”, diz Amorim.

Ana Paula Freire Borges sentiu-se mal e morreu dia 12, aos 34 anos, por complicações da gravidez. Deixa a mãe, o futuro companheiro e três irmãos.

coluna.obituario@grupofolha.com.br

Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missas

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.