Padre polonês é assassinado no DF após celebrar missa

Corpo foi encontrado com pés e mãos amarrados e com sinais de estrangulamento

Brasília

Um padre polonês foi assassinado na noite deste sábado (21) em uma igreja na quadra 702 da Asa Norte, região central de Brasília (DF), algum tempo após celebrar a missa. 

O corpo de Kazimierz Wojno, 71, foi encontrado em sua casa, que fica no terreno dos fundos da paróquia, com sinais de estrangulamento. Ele estava com pés e mãos amarrados com arames. 

O padre Kazimierz Wojno, 71, em missa na paróquia Nossa Senhora da Saúde, em Brasília
O padre Kazimierz Wojno, 71, em missa na paróquia Nossa Senhora da Saúde, em Brasília - Reprodução/ Facebook/Paróquia Nossa Senhora da Saúde

Em nota, a secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal disse ter havido latrocínio (matar para roubar), já que a casa estava revirada e alguns pertences foram levados. 

De acordo com o boletim de ocorrência, o crime correu entre 18h30 e 21h40. Após a missa, o padre teria sido abordado por pelo menos quatro homens e obrigado a entregar seus pertences. 

No momento do crime, o caseiro estava presente e também foi rendido, de acordo com a polícia.

Investigadores buscam acesso a câmeras de segurança para tentar identificar os autores. 

A secretaria de Segurança do DF lamentou o ocorrido, disse que o caso "interrompe um período de dois anos sem esse tipo de delito nessa região da cidade” e que todos os esforços estão sendo feitos para “identificar e prender” os autores. Alguns suspeitos estão sendo ouvidos neste domingo.

Segundo dados da secretaria de Segurança Pública, de janeiro a agosto deste ano, foram registrados três casos a menos de latrocínio que no mesmo período de 2018, em todo o Distrito Federal. Foram 15 neste ano, contra 18 no ano passado. 
 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.